A grande maioria dos brasileiros já sonhou um dia em conhecer a romântica e encantadora França e não poderia ser diferente, pois o charme do idioma, grande riqueza cultural, gastronomia e moda privilegiadas fazem com que o país seja um dos maiores destinos de turismo em nível mundial. 

E se alguém dissesse que o cidadão brasileiro agora tem a oportunidade de estudar e até mesmo trabalhar na França? Seria uma proposta maravilhosa e encantadora! Mas é algo que não fica restrito ao mundo das intenções nesse momento, pois no próximo dia 18 de junho, sábado, a Campus France Brasil promoverá um evento no mínimo diferente e esclarecedor, abordando a possibilidade concreta das pessoas poderem vivenciar um intercâmbio em terras francesas na #Europa

O programa conhecido como Portas Abertas – Campus France Brasil, tem por objetivo principal o esclarecimento de dúvidas de todos os que intencionam estudar ou até mesmo trabalhar na França, abrangendo, principalmente, os seguintes tópicos no encontro que ocorrerá na capital paulistana: informações variadas acerca dos cursos de graduação, pós-graduação e de curta duração, além da oportunidade de se ganhar bolsas de estudo, estágio com direito a remuneração e maneiras concretas de se trabalhar naquele país, entre outros esclarecimentos. 

Tudo isso acontece em função da concorrida Semana Francesa, cuja organizadora oficial é a CCFB - Câmara de Comércio França-Brasil São Paulo, um dos órgãos responsáveis pelos interesses mútuos entre Brasil e França nas mais diferentes esferas. 

O ano de 2017/18 para se estudar na França, por incrível que pareça, está muito próximo, demonstrando a urgência que os estudantes brasileiros têm para se candidatar às vagas em diferentes segmentos do campo de ensino, existentes nos renomados centros de ensino franceses. 

No tão esperado encontro, os palestrantes designados ministrarão gratuitamente informações mais do que úteis sobre a vida universitária na França e sobre quais os pontos favoráveis e positivos para que o estudante parta do Brasil em função dessa oportunidade de ensino e trabalho no continente europeu. 

Vale frisar que, se o cidadão do Brasil apresentar um visto estudantil em seu passaporte, o mesmo já tem a possibilidade de exercer atividade laboral por meio período.

Publicidade
Publicidade

Ainda existem programas reconhecidos de cursos acadêmicos acoplados a estágios remunerados financeiramente.

A programação e outras informações relativas às palestras explicativas do próximo sábado, poderão ser conseguidas nos sites: Portas Abertas – Campus France Brasil e Câmara de Comércio França-Brasil. #Estudar no exterior #Trabalhar no exterior