Foi publicado no Diário Oficial de Minas Gerais, nesta quarta-feira, 8 de junho, uma nova lista de nomeações para a rede estadual de educação do estado. Foram convocados 2.500 profissionais, que foram aprovados em concursos realizados no anos de 2011 e 2014.

Só nesse ano de 2016 já foram nomeados 12.500 concursados pela Secretaria de Estado da #Educação e um total de 27.557 servidores desde março de 2015. 

Lotação

Deste total, 150 profissionais desempenharão suas funções nas Superintendências Regionais de Ensino (SREs) e no órgão central. Já, 2.350, atuarão nas escolas do estado de Minas Gerais. Foram convocados 843 regentes de turma, que são os educadores dos anos iniciais (do 1º ano ao 5º ano do ensino fundamental).

Publicidade
Publicidade

Mais 204 profissionais de anos finais (6º ano ao 9º ano) e ensino médio. Já, assistentes técnicos da educação básica (ATBs) foram 500 profissionais convocados, além de 587 supervisores pedagógicos, mais 28 orientadores educacionais. Todos esses nomeados foram aprovados no concurso que ocorreu em 2011. Já, do concurso de 2014, foram nomeados 188 educadores para o ensino religioso.

Exames

Os exames pré-admissionais serão realizados pela Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional (SCPMSO) da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag). Todos os nomeados devem submeter-se aos exames em datas e horários informados no site da Seplag.

Metas de nomeações

Segundo a secretária de Educação de Minas Gerais, Macaé Evaristo, eles assumiram o mandato com quadro de professores precarizado, um quadro total de insolvência, pois faltavam concursos e nomeações.

Publicidade

Por isso, é tão importante para a educação do estado as nomeações que estão sendo feitas. O subsecretário de Recursos Humanos da SEE, Antônio David Junior, reafirma a disposição da gestão para estabilizar o sistema com maioria de efetivos em todas as carreiras. Apesar de ser grande o desafio, a meta da SEE é de nomear até o fim do mandato 60 mil servidores para a rede estadual de ensino de Minas Gerais. #Empregos