As fãs do cantor de rap e funk, MC Biel, não estão nem um pouco felizes com uma notícia recente. É que a Prefeitura do Município do Rio de Janeiro cancelou o show que o artista faria no dia 21 de agosto, data de encerramento dos Jogos Olímpicos 2016, no Boulevard Olímpico, em Campo Grande. O artista envolveu-se recentemente em uma polêmica envolvendo uma jornalista do portal IG, na qual ele foi acusado e assumiu tê-la assediado. Biel pediu desculpas em um vídeo, mas parece que não foi perdoado.

A apresentação de Biel foi anunciada pela Prefeitura no dia 20 de julho, quarta-feira. Porém, o cronograma foi alterado bruscamente e sem explicação.

Publicidade
Publicidade

O site HuffPost Brasil entrou em contato com a organizadora do evento primeiramente para questionar o valor do evento, a Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (RioTour).

De acordo com a organizadora, a apresentação foi cancelada. O secretário de turismo, Antônio Pedro de Mello, responsável pelo evento, nega que o cancelamento tenha ocorrido por conta da presença de MC Biel. O responsável pela pasta disse também que desconhecia a polêmica que rondou as redes sociais por semanas.

"Não conheço essa história do Biel. (…) Vamos averiguar a verificar que providências serão tomadas”, garantiu para os jornalistas.

A história do assédio

Tudo começou no dia 3 de junho, quando a repórter Giula Pereira, do portal IG, disse que MC Biel a chamou de "gostosinha" e disse que a "quebraria ao meio" se tivesse chance.

Publicidade

Tudo isso teria acontecido em uma entrevista com o artista, que demonstrava estar bastante à vontade e aproveitou da situação para dar em cima da profissional.

Ela relatou em uma reportagem tudo que aconteceu e disse estar bastante desconfortável com a situação. O caso chegou às mãos da polícia, que tem o vídeo com as imagens e o áudio do momento em que ocorreu o assédio sexual.

Após todo o caso repercutir, a jornalista pediu uma "licença" ao trabalho para poder descansar. Ela foi surpreendida dias após com o anúncio de sua demissão.

O IG não explicou, mas aproveitou também para mandar para o olho da rua a editora da repórter, que escreveu a matéria com a denúncia do fato. #Famosos #Rio Cultura #Rio2016