Diante da situação de instabilidade econômica e política que o Brasil atravessa, os trabalhadores, em geral, temem pela perda dos seus empregos e os que já estão empregados, buscam melhores posições de #Trabalho, ou, os que pretendem debutar nas suas profissões, ficam bem atentos a qualquer nova oferta de vagas

Assim, a boa notícia vem da Fiocruz - Fundação Oswaldo Cruz - na Cidade do Rio de Janeiro, que anunciou a publicação do edital com um concurso público que contempla o total de 10 vagas para as seguintes posições: Especialista em Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública, na carreira de Pesquisa em Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública. 

Conforme as informações contidas no documento com as diretrizes de recrutamento e seleção, a divisão das 10 vagas em questão obedece os seguintes critérios: 7 vagas são destinadas aos candidatos em geral, sem nenhuma restrição; uma posição é destinada a aqueles indivíduos portadores de deficiência e as últimas duas oportunidades são endereçadas para cidadãos negros. 

O salário inicial é resultado da composição dos valores que se seguem: salário de R$ 8.022,79; mais R$ 458,00 referentes ao auxílio na alimentação; somam-se R$ 2.020,00, que é a gratificação por desempenho na função escolhida e, finalmente, R$ 6.366,21 correspondente ao pagamento pelo título de doutorado do profissional selecionado, ou seja, o somatório de todos os valores aqui listados é de R$ 16.867,00 mensais. 

Os candidatos em potencial devem possuir doutorado em qualquer uma dessas áreas: ciências biológicas, ciências exatas e da terra, saúde, geociência, engenharias ou ciências agrárias focadas no ambiente em saúde e, ainda, no mínimo, 6 anos de experiência em uma das áreas requeridas, depois que a pessoa tenha finalizado o doutorado

O período para a realização das inscrições vai do dia 04 de julho até 08 de agosto, as quais podem ser feitas na plataforma virtual da Fundação Oswaldo Cruz, gerando um boleto bancário no valor de R$ 250,00 referente à taxa do concurso. 

Outros critérios para a seleção estão calcados na avaliação discursiva, análise de títulos e currículo com a demonstração do projeto de atuação do profissional com a conhecida defesa de memorial no mundo acadêmico. 

Mais um concurso da Fiocruz

Também foi anunciado mais um edital com 21 vagas, agora direcionadas às funções de assistente técnico de Gestão em Saúde com nível médio de escolaridade e que tenha um ano de experiência prática no cargo.

Publicidade
Publicidade

A composição do salário inicial desse colaborador é: salário básico de R$ 2.313,61; mais R$ 458,00 para o auxílio-alimentação; R$ 647,20 como gratificação de desempenho e, por último, a remuneração por qualificação, oscilando R$ 452,00 (para aquelas pessoas que tenham #Curso de 180 horas) a R$ 1.762,00 (para os candidatos que apresentem doutorado). 

O período de realização das inscrições é o mesmo do 1º concurso da Fiocruz e podem ser feitas no site da Fundação, mas a taxa a ser paga é de R$ 70,00. #Seleção de Futebol