De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, a General Motors irá contratar pelo menos 200 trabalhadores para sua unidade em São José dos Campos e será para muito em breve, já que a previsão para início das novas atividades na empresa será no início do próximo ano. Ainda de acordo com o Sindicato, a GM realizou uma reunião nesta última terça-feira (29) onde foi debatido a questão das novas #Vagas.

A empresa prefere não comentar nada sobre o assunto, mas os trabalhadores desempregados de São José dos Campos estão ansiosos por novidades. As vagas seriam temporárias, pois houve um significativo aumento nas exportações da S10, que está sendo vendida para o México e também Argentina, sem contar nas vendas para o mercado interno.

Publicidade
Publicidade

O fato das contratações serem temporárias, é que existe uma expectativa que no primeiro trimestre de 2017 as vendas de veículo sofrerão uma nova queda. Caso isso não aconteça e as vendas continuem crescendo, principalmente da S10, então a GM poderá efetivar boa parte dos funcionários contratados temporariamente.

Só neste ano de 2016 a produção da S10 superou as 50 mil unidades. No ano passado foram fabricadas 40 mil pick-ups. Se tudo der certo quanto a abertura das novas vagas, as contratações já começam a partir do dia 2 de janeiro e todos aqueles que tiverem interesse precisarão deixar o currículo na portaria G4 da empresa. Pode ser que ex-funcionários tenham prioridade no processo seletivo, mas isso ainda não ficou definido. A vantagem de contratar antigos funcionários é que eles já conhecem a empresa, assim como a empresa já os conhece, o que possibilita adiantar mais o processo.

Publicidade

Em julho foram abertas 550 vagas e muitos pensaram que estariam sendo demitidos dentro de alguns meses. Para felicidade dos novos contratados, a empresa está é planejando novas contratações, espantando de vez o fantasma da demissão. Boa notícia tanto para quem já está trabalhando na GM como também para aqueles que sonham com uma vaga de #Emprego. Hoje são cerca de 5 mil funcionários e se o mercado continuar aquecido, esse número irá aumentar em 2017. #Empregos