Se você está interessado em realizar provas para Concursos Públicos precisa entender que é preciso estudar e muito! No entanto, sabemos que o conteúdo costuma ser imenso, o tempo curto e fazer um cursinho pode não ser tão barato assim, então, essas dicas irão te ajudar a se preparar de verdade para as provas.

É através do exercício de linguagem que nos afirmamos não só como pessoas, mas como cidadãos, num processo contínuo de busca da liberdade. O amadurecimento psíquico e social acompanha o amadurecimento linguístico, responsável pela linguagem a serviço da sociedade e não mais pela linguagem alienada e alienante.

A técnica de sublinhar

Sublinhar é uma técnica empregada com diversos objetivos: assimilar melhor o texto, memorizar, preparar uma revisão rápida do assunto, aplicar em citações e, principalmente, resumir, esquematizar e fichar.

Publicidade
Publicidade

Para sublinhar é indispensável, antes de tudo, a compreensão do texto, pois este é o único processo que permite a seleção do que é importante e do que é secundário. A técnica de sublinhar pode ser desenvolvida a partir dos seguintes procedimentos :

a) leitura integral do texto, para tomada de contato ;

b) esclarecimento de dúvidas de vocabulário, termos técnicos e outras ;

c) releitura do texto, para identificar as ideias principais ;

d) sublinhar, em cada palavra que contém a ideia/núcleo e os detalhes importantes ;

e) assimilar com uma linha vertical, à margem do texto, os tópicos mais importantes ;

O indispensável é sublinhar apenas o estritamente necessário, evitando-se o acúmulo de anotações que, além de causar mau aspecto, em vez de facilitar o trabalho do leitor, dificulta e gera confusão.

Publicidade

É muito útil, no final do trabalho, fazer uma leitura comparando-se o texto original com o texto sublinhado.

Subsídios à dissertação: Como redigir

Othon M.Garcia afirma que " aprender a escrever é , em grande parte, se não principalmente, aprender a pensar, aprender a encontrar ideias e concatena-las, pois, assim como não é possível dar o que não se tem, não se pode transmitir o que a mente não criou ou não aprovisionou. "As pessoas que sabem argumentar (justamente as que mais pensam) em geral têm mais facilidade para redigir, porque escrever não é um ato de desenhar corretamente as palavras, não reside no conhecimento do s ou z, do ch ou x. Exige muito mais: é preciso apresentar fatos, estabelecer relações de causa e efeito, argumentar com base num raciocínio lógico. Definam-se os termos. Fato é a ação concretizada, o que é real. Opinião é modo de ver os acontecimentos, é subjetiva; é o modo de pensar; é um parecer; um juízo de valor. Para que uma argumentação seja válida, é preciso que sejam apresentados dados convenientes, próprios e adequados.

Publicidade

A dissertação tem por base apresentar ideias ou pensamentos. É própria dos temas abstratos e, além de exigir raciocínio lógico, requer consulta a livros, revistas, jornais, leis, arquivos, documentos, etc.

Como fazer a dissertação

Em primeiro lugar, vamos esquematizar a infraestrutura para a montagem de um rascunho de dissertação.

Método :

a) Transforme o tema dado em uma pergunta;

b) Procure responder a essa pergunta, de modo simples e claro, concordando ou discordando do tema proposto (ponto de vista);

c) Exponha o porquê da sua resposta (argumento principal);

d) Exponha outros motivos que ajudem a defender seu ponto de vista (argumento auxiliar);

e) Procure recorrer a simplificações, a fim de fundamentar suas argumentações;

f) A partir desses elementos, para elaboração do rascunho do texto. Siga a sequência sugerida: interrogar o tema -> responder com a opinião -> apresentar o argumento básico -> apresentar argumentos auxiliares -> apresentar fato exemplo -> concluir suas ideias, retomando à pergunta inicial.

Gostou? Então veja mais artigos sobre concursos clicanco AQUI! #CONCURSO #Brasil #2017