Com o atual cenário da economia nacional e o grande número de editais sendo publicados, cresce cada dia mais o número de brasileiros que se inscrevem em #concursos públicos. Pensando em ajudar os concurseiros, preparamos uma rápida lista de 5 atitudes que vão melhorar o rendimento nos estudos:

1 - Criar seu próprio material de revisão

Ao estudar, é importante ir fazendo suas próprias anotações, isso ajuda na memorização da matéria. Com um pouco de organização e disciplina, é possível fazer com que estas anotações virem um bom material de revisão (mapas mentais, resumos ou tópicos anotados). Para isso, é aconselhável que o material seja feito de maneira objetiva e contenha apenas as informações mais importantes do assunto.

Publicidade
Publicidade

Este instrumento de apoio pode ser feito em folhas A4 ou então, como é mais indicado, em fichas que podem ser encontradas em qualquer papelaria.

2 - Resolver questões, muitas questões!

Para fixar o conteúdo, é extremamente importante que o candidato faça muitas questões, de preferência, questões com gabarito comentado, pois assim é possível compreender melhor os erros. As questões também podem ser utilizadas no momento da revisão.

3 - Contar horas líquidas de estudo

Esta dica, para quem nunca ouviu falar, pode soar estranha e até mesmo radical, mas não é. O candidato que senta para estudar pode ter sua concentração facilmente afetada por uma ligação, uma mensagem no celular, uma pausa para beber água que se estende a alguns minutos de internet ou televisão e por aí vai. No fim do dia, o candidato acredita que estudou a quantidade de horas contadas entre o período que começou e terminou os estudos, mas, por conta das pausas e distrações, não é bem isto o que acontece.

Publicidade

Para evitar estas armadilhas e ter mais controle sobre o real tempo de estudo, é importante que o candidato utilize um cronômetro para acompanhar seu tempo de horas líquidas de estudo, seja pelo cronômetro padrão do celular ou até mesmo por aplicativos específicos para isto. Foi ao banheiro? Pause a contagem. Pegou o celular? Pause a contagem. Foi beber água? Pause a contagem. Com esta simples técnica o candidato poderá render muito mais em seus estudos.

4 - Ler o edital atentamente

Pode parecer uma dica rasa e batida, mas é grande o número de candidatos que vão para a prova sem ter lido todo o edital atentamente e corretamente. É comum, por exemplo, encontrar pessoas no dia da prova com caneta azul em vez de caneta preta, contrariando o edital. É importante ler o que pode e o que não pode na hora da prova, uma vez que os concursos estão ficando cada dia mais exigentes no quesito segurança. Muito importante também observar o sistema de pontuação da prova, avaliar, por exemplo, qual bloco de matérias possui maior peso (para assim focar os estudos nestas matérias) e ficar atento ao tipo de prova onde uma questão errada equivale à pontuação negativa, podendo afetar drasticamente a nota final.

Publicidade

5 - Separar e imprimir os assuntos da prova

Ainda no assunto “edital”, é extremamente importante que o candidato separe e imprima os assuntos cobrados na prova, de preferência de maneira em que o conteúdo esteja organizado não apenas por matérias, mas também pelos assuntos de cada matéria. É uma tarefa que leva no máximo 30 minutos de edição no computador, mas o benefício é enorme. Ajuda não só a organizar o quê estudar, como principalmente acompanhar os andamentos dos estudos – ao riscar ou marcar com o marca texto os assuntos já estudados. A ideia aqui é conseguir estudar o máximo de matérias e assuntos possíveis do edital, sempre levando em consideração quais matérias pontuam mais. #Concurseiros