Um levantamento sobre as oportunidades de emprego no país mostrou um cenário animador com quase 20 mil vagas oferecidas pela Receita Federal. A disponibilidade de tantos postos de trabalho advém de um déficit de pessoal, o que acaba dificultando o andamento dos trabalhos e prejudicando os serviços prestados á população. Dessa maneira, foi estipulado que novos concursos deveriam ser abertos para preencher o quadro atual. De acordo com informações colhidas pelo Poder Executivo, serão oferecidas cerca de dez mil vagas para o cargo de auditor e outros nove mil postos para analista.

Especificamente para este ano de 2017 o governo federal estipulou que serão ofertados quatrocentos postos de trabalho por meio de concurso público.

Publicidade
Publicidade

Essa seleção será feita em caráter de urgência, uma vez que existe essa disponibilidade enorme de vagas, e o déficit de trabalhadores. O concurso já está incluído no orçamento federal para esse ano, foi sancionado pelo presidente e aguarda apenas a aprovação do Ministério do Planejamento. Apesar de ser uma ótima oportunidade de emprego, não é fácil ocupar uma das vagas. A quantidade de candidatos é enorme, e é preciso se preparar para enfrentar a bateria de provas. As vagas ofertadas comportam os cargos de analista administrativo, assistente, auditor fiscal e tributário, que variam em nível médio e superior de ensino.

Os salários são um atrativo para quem está disposto a estudar para garantir um lugar na Receita. Um dos cargos que exige Ensino Médio, por exemplo, é o de assistente administrativo, e tem um salário inicial de R$ 3756,82, não incluindo alimentação que soma ao valor mais R$ 458,00.

Publicidade

Ao todo o salário mensal pode ultrapassar os quatro mil reais. Alguns postos são exclusivos para quem tem ensino superior, e alguns cargos podem chegar a um salário inicial de mais de cinco mil reais. Além disso, algumas posições ganharam aumento no fim do ano passado. Para ser analista tributário o salário chega a totem de doze mil reais mensais. Vários estados serão beneficiados com os concursos públicos, dentre eles São Paulo que teve novas entradas de pessoal no ano passado. #Crime #Casos de polícia