Saiu finalmente, em 14 de junho, quarta-feira, o tão esperado edital com as regras e informações referentes ao Concurso #Diplomata 2017 através do DOU - Diário Oficial da União, cujo título da publicação é “Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata 2017 (CACD 2017) do Ministério das Relações Exteriores (MRE)”.

Será o Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e #Seleção e de Promoção de Eventos) a instituição designada para ser a responsável pela condução de todo o processo seletivo, que está oferecendo imediatamente 30 vagas; sendo que 20% delas se encontram destinadas aos candidatos negros e indivíduos portadores de deficiência.

Publicidade
Publicidade

Vale frisar que os candidatos selecionados iniciarão a carreira diplomática no cargo de Terceiros Secretários do MRE e terão salário mensal de exatamente R$ 16.935,40. Por outro lado, antes de disso é necessário dar o 1º passo em prol do objetivo profissional, que é a inscrição no portal do Cebraspe a partir do dia 23 de junho, sexta-feira, até a segunda-feira dia 10 de julho deste ano. O valor da taxa de inscrição a ser cobrado é de R$ 225,00.

A seleção será desmembrada em três etapas, em que a 1ª fase tem caráter eliminatório e é composta de 73 questões de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Direito Internacional Público, História do Brasil, Política Internacional, História Mundial, Geografia, Noções de Direito e Noções de Economia. A data para aplicação da prova é 13 de agosto de 2017, a ser feita em 2 horários, a saber, das 9 horas e 30 minutos, durando 3 horas; e das 15 horas, também estendendo-se por 3 horas.

Publicidade

Os 300 primeiros colocados na classificação geral terão o direito de realizar a 2ª e 3ª etapas do concurso (225 vagas consideradas da ampla concorrência, 60 para indivíduos negros e 15 postos para as pessoas com deficiência), cujo anúncio dos nomes será no DOU de 21 de setembro de 2017.

Na 2ª fase, os competidores sofrerão o exame em Língua Portuguesa e Língua Inglesa, que terão a função de eliminar ou classificar. O teste em Português será realizado em 30 de setembro de 2017, com duração de 5 horas e se iniciando às 14 horas.

A prova terá uma redação de autoria dos candidatos acerca de um tema geral, devendo ter de 600 a 650 palavras e os pontos máximos desse item são 60. Dois exercícios adicionais de interpretação, que terão no máximo 150 palavras de respostas, valerão cada um 20 pontos.

O teste de Língua Inglesa ocorrerá em 1º de outubro, com duração de 5 horas e se inicia às 14 horas. O conteúdo nessa etapa é também uma redação de 400 a 500 palavras, tendo 50 pontos como teto. Há ainda uma avaliação de tradução de texto do idioma inglês para o português, o que vale 20 pontos.

Publicidade

A versão de texto da Língua Inglesa para o português 15 pontos e, por fim, o resumo feito em inglês, baseando-se em texto escrito originalmente na Língua Inglesa, terá como nota mais 15 pontos.

Outras questões eliminatórias do pleito são a prova escrita, nas matérias de História do Brasil, Geografia, Política Internacional, Noções de Direito, Noções de Economia, Direito Internacional Público, sendo compostas de 2 questões de cunho discursivo, tendo no máximo 90 linhas e valor em pontos de 30 para cada uma delas.

Quanto à 3ª e última fase, as pessoas participantes da seleção deverão se submeter a uma avaliação de Língua Espanhola, elaborando um resumo em espanhol, da fonte de um artigo escrito na língua de Miguel de Cervantes e um outro texto do português para o espanhol, tendo cada uma o valor de 25 pontos.

Vale frisar que a avaliação em Francês compreenderá a criação de um resumo na Língua Francesa a partir de um texto no mesmo idioma e na tradução de um texto em português para o francês, tendo valor de 25 pontos cada um.

Todos os candidatos que passarem com êxito pelas seleções, farão exames pré-admissionais e de perícia médica; o resultado final será veiculado pelo DOU em 18 de dezembro de 2017 e replicados no site Cebraspe. #Itamaraty