Alunos do curso de Direito frequentemente se deparam com uma grande dificuldade: a de conseguir realizar estágios na área, que são, além de importantes para o aprendizado profissional, obrigatórios na grade curricular do curso.

Na grande maioria das vezes, é verdade que os salários dos estagiários não são convidativos, mas o enriquecimento, experiência, network e habilidades desenvolvidas durante um período são fatores que devem ser levados em conta. Estagiar em um órgão público federal pode servir de experiência para o futuro bacharel que, em muitos casos, sonha enveredar no campo do serviço público municipal, estadual e federal, além de enriquecer seu currículo de estagiário.

Publicidade
Publicidade

No início do mês de agosto, o Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento abriu processo seletivo para candidatos a vagas de estagiário na instituição. Mas, antes de detalhar o processo, saiba que o candidato precisa ter foco e objetivo para alcançar a tão sonhada aprovação. Com algumas dicas esse trabalho pode ser menos árduo.

Sobre o processo seletivo

No total serão oferecidas 784 vagas, levando-se em conta as várias áreas de atuação previstas pelo processo seletivo. Os candidatos aprovados no processo seletivo irão trabalhar nas superintendências Federais de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, nos laboratórios, no Instituto de Meteorologia e na Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira. Todos os Estados da federação serão contemplados com vagas, com exceção do estado da Paraíba.

Publicidade

O valor da Bolsa de #Estágio irá variar de R$ 203,00 a R$ 520,00, conforme a carga horária de estágio, que varia de 4 a 6 horas diárias. Os aprovados ainda terão disponibilidade de vale transporte.

Os interessados deverão entrar no site do CIEE (Centro de Integração Empresa Escola para realizar a inscrição com preenchimento de cadastro completo. O prazo vai até dia 1º de setembro de 2017. Após realizar todas as etapas do cadastro, o candidato poderá realizar a prova online.

O que é o MAPA?

O Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento é responsável por todas as políticas nacionais de incentivo ao agronegócio. No Brasil, o agronegócio contempla o pequeno, o médio e o grande agricultor e reúne atividades de fornecimento de bens e serviços à agricultura, produção agropecuária, processamento, transformação e distribuição de produtos de origem agropecuária até o consumidor final.

Fique ligado e boa sorte! #job #Ministério da Agricultura