A #Educação é um investimento de médio e longo prazo, comparado a uma árvore frutífera que foi plantada e é necessário cuidar dela por um longo período, para depois colher seus frutos. Assim é quem investe em conhecimento e com certeza mais tarde serão colhidos os seus benefícios.

No Brasil há uma inversão muito grande de oportunidades quanto à educação, pois os filhos das classes A e B estudam até o ensino médio em colégios particulares, enquanto que as classes C e D, na sua maioria, estudam em colégios públicos. Quando chega a hora de ir para a universidade, os ricos vão para as públicas e os pobres para às particulares, onde o ensino na maioria delas é de qualidade inferior.

Publicidade
Publicidade

Além disso, muitos desses estudantes de classes pobres trabalham oito horas diárias para pagarem seus estudos. Se fizermos uma pesquisa, veremos que existe uma grande evasão nos cursos noturnos das faculdades, devido às dificuldades que esses alunos enfrentam: grande desânimo, cansaço, o que faz com que muitas vezes abandonem seus projetos de vida de concluir um curso superior e posteriormente obter uma melhor colocação no mercado de trabalho.

Porém , os jovens devem persistir e prosseguir estudando. Quando as pessoas tomam conhecimento da importância dos estudos, principalmente os adolescentes e jovens, isso modifica para sempre a sua maneira de pensar e agir. O quanto antes eles entenderem que a dedicação aos estudos é uma ferramenta muito útil para o desempenho da aprendizagem e que mais oportunidades de trabalho surgirão no futuro para eles, melhor.

Publicidade

Nos últimos anos houve um maior investimento do #Governo em educação, que melhorou bastante, o que pode auxiliar os estudantes de baixa renda. Foram criados 3 programas pelo Ministério da Educação:

O Sistema de Seleção Unificada - SISU, é um processo de seleção que possui uma etapa anual que utiliza notas do ENEM para o acesso às universidades.

Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, é um sistema de pontuação anual nas 3 séries do ensino médio. Aqueles alunos que alcançam a média exigida a cada ano não precisam prestar vestibular.

Programa Universidade Para Todos - PROUNI, oferece bolsas em universidades particulares aos estudantes de baixa renda.

Outro programa que tem dado ricas oportunidades para muitos é o Ciência sem Fronteiras, um programa que busca a expansão, internacionalização, inovação da tecnologia e ciência, por meio de intercâmbio com vários países, com o sistema de bolsas pagas pelo governo brasileiro.

Uma poderosa ferramenta de estudo é a leitura. Ela pode abrir caminhos e nos levar a lugares que nem conhecemos. Na minha adolescência, ainda no ensino fundamental, tive uma professora da língua portuguesa que dizia: "Quem pouco lê, pouco ouve, pouco sabe e pouco vê". Ela tinha razão, é necessário que ampliarmos nossos estudos, para estarmos sempre atualizados a cada dia e isso só acontece através da leitura, da pesquisa e vontade de aprender sempre mais. Com certeza o futuro agradecerá.