A década de 80 ainda é conhecida como uma das mais animadas da #Música. Quem viveu aquela época, mesmo se criança, adora reviver os clássicos; quem ainda não era nem nascido, quando conhece, apaixona-se. 

É fato que a época referida ficou conhecida como a "década perdida", para a América Latina, mas principalmente para o Brasil, econômica e politica, mas não culturalmente. Pode se afirmar que foi neste período que surgiram as melhores bandas, nacionais. Barão Vermelho (Cazuza), Legião Urbana, Paralamas do Sucesso, Titãs, Kid Abelha... E internacionalmente, Michael Jackson, Madonna, INXS, Queen (que na verdade veio da década de 70, mas continuou brilhando e muito nos 80), e por último, mas não menos importante, Tears For Fears.

Quem nunca ouviu e gostou de uma música dessa dupla? Impossível falar em anos 80 e não falar em Roland Orzabal (lindo) e Curt Smith, Tears For Fears.

Para qualquer fã, é impossível falar somente em uma música, porque cada tem sua história, seu significado, sua importância... São perfeitas! Mas no presente texto uma se destaca: "Sowing The Seeds Of Love".

Bem, todos conhecem a letra, sabem que não se trata de nenhuma canção de amor apenas por dizer "sowing the seeds of love", mas sim de uma canção de protesto. Foi escrita em 1987 durante as eleições gerais do Reino Unido. A música faz referências a Margaret Thatcher e à política daquele país à época (Politician Gannie with your high ideals, have you no idea how the majority feels?). Também faz referência referência ao músico Paul Weller, (" Kick out the Style! Bring back the Jam!"), Weller era o líder do The Jam, um grupo nascido na safra punk e que se notabilizou pelo cunho político. Em 1982, após lançarem o disco The Gift, Weller dissolveu o trio (The Jam) e formou, com o desconhecido tecladista, uma dupla chamada "The Style Council", que falava das mesmas coisas, mas ao som de jazz, soul e até bossa nova. Muitos fãs jamais perdoaram Weller por acabar com a banda "The Jam" e criar o "Style". E, ao que parece, Curt e Roland faziam parte dessa legião.

O título da canção "Sowing The Seeds Of Love", como toda a letra e também, como foi realizada, recentemente foi explicado pelo próprio autor, Roland Orzabal, em uma sessão especial do Spoty. O título foi inspirado em um programa de rádio que Orzabal escutava enquanto dirigia, e este programa falava sobre um homem que estava montando uma coleção de canções folclóricas tradicionais inglesas, e uma dessas canções era chamada de "The Seeds of Love", que ele tomou conhecimento a partir de um jardineiro chamado Mr. England (referência que ele faz em " Mr, England sowing the seeds of love").

Como agora Orzabal também está no twitter, também recentemente, o próprio, postou uma réplica a uma carta de um "crítico" de músicas e novamente explicou outros poucos trechos da música.

Na música quando o autor diz: "And the love train rides from coast to coast", na carta/réplica, ele afirma que o "trem do amor" realmente existiu, não se trata de uma metáfora lírica. Partia de Los Angeles para Nova Iorque, lá pelos anos de 1973, enfim, vale a pena ler esta carta, uma resposta bem irônica, bem ao estilo de Orzabal. 

Vale a pena destacar que embora muito se falou à época (e ainda se fala) sobre possíveis símbolos maçônicos no vídeo da música, Roland nunca se pronunciou a respeito. A melodia da música tem como referência clara o álbum Sgt. Pepper's dos Beatles, então apenas uma analogia.

Lembrando que embora a música seja velha (1989), o que importa é que música boa não fica velha, é atemporal, então vale para os antigos fans relembrarem, e os novos entenderem o real significado.  #Opinião #Curiosidades