Algumas músicas, quando ganham uma roupagem nova e são regravadas, fazem um sucesso estrondoso. Certos intérpretes de regravações tomam a #Música para si, com uma interpretação apaixonada e única, que faz com que os ouvintes entrem em sintonia com o que o cantor quer expressar. Para se fazer sucesso, não basta cantar bem, mas sim, e essencialmente, transmitir emoção através do que está sendo cantado, e fazer com que essa emoção ultrapasse a barreira da música em si e penetre no sentimento daqueles que a ouvem. Aqui há alguns exemplos de reinterpretações memoráveis, que conseguiram conquistar o público pela qualidade que elas possuem:

1. Your song

Composta por Elton John em 1967, em parceria com Bernie Taupin, foi escrita em poucos minutos: Bernie, que compôs a letra, escreveu-a durante seu café da manhã, e Elton compôs a melodia em vinte minutos.

Publicidade
Publicidade

A música foi gravada por Elton John em 1967, porém a versão de Billy Paul, gravada em 1977, com um arranjo tão diferente do original que somente prestando atenção na letra percebe-se que é a mesma música, caiu nas graças dos ouvintes. É um verdadeiro deleite ouvir essa versão.

2. I heard it through the grapevine

Música composta por Norman Whitfield e Barret Strong, em 1966. A gravação original foi feita por Smokey Robinson & The Miracles, porém não foi aprovada pela gravadora. Marvin Gaye fez sua versão, que também não foi aceita. Uma outra versão foi gravada por Gladys Knight & The Pips. Essa última foi finalmente aprovada e chegou ao segundo lugar na Billboard na época, entretanto a versão de Marvin Gaye, que anteriormente havia sido recusada, ficou nas paradas por sete semanas seguidas, ultrapassando grandemente a versão de Gladys Knight.

Publicidade

A banda americana Creedence Clearwater Revival também fez uma excelente versão dessa música em 1970, com a duração de onze minutos.

O nome da música é um dito popular - I heard it through the grapevine (Tradução literal: Eu ouvi através da parreira) - e significa ouvir algo através de outras pessoas, é como a expressão: Um passarinho me contou. Essa frase surgiu na época escravagista durante a Guerra Civil, na qual alguns escravos eram usados como se fossem "telégrafos humanos". A letra fala sobre a traição de uma mulher e o sofrimento do homem traído, que soube disso através de terceiros (aliás, como quase sempre acontece).

3. When a man loves a woman

Música de Calvin Lewis e Andrew Wright. Foi gravada por Percy Sledge e regravada por Michael Bolton, intérprete que, além de espetacular em técnica vocal, transmite como ninguém a emoção do que canta. A música ficou como número um nas paradas dos Estados Unidos em 1991, ocasião da gravação. Bolton chegou a receber um prêmio Grammy por ela.

Na próxima parte, falaremos sobre interpretações ímpares de Whitney Houston, Jeff Buckley e Nirvana.