Rio de Janeiro, 13 de fevereiro de 1965: em uma noite chuvosa, Maria Bethânia, 18 anos, subia ao palco do Teatro de Arena para substituir Nara Leão. Embora já tivesse se apresentado outras vezes, Maria Bethânia considera esse dia sua estreia como cantora. O espetáculo era o show Opinião, escrito por Augusto Boal, onde dividia o palco com Zé Keti e João do Vale. O grande sucesso deste início: "Carcará".

Nestes 50 anos de carreira, seu estilo forte, simples e teatralizado de cantar foi mais do que consagrado. E para comemorar a data, a cantora fará durante todo este ano a turnê Agradecer e Abraçar, que estreou dia 10 de janeiro no Rio de Janeiro e já passou por sua cidade natal, Santo Amaro, na Bahia.

Publicidade
Publicidade

A turnê chegará em Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Recife e Salvador - sendo que Brasília, São Paulo e Porto Alegre já estão com ingressos esgotados.

Voz, corpo e alma

"Quando canto, tenho a idade que nasci", já declarou Maria Bethânia. Sobre o palco, a baiana de 68 anos encarna a menina descalça e canta desde grandes sucessos a músicas inéditas, compostas especialmente para a ocasião. A leitura de textos, outra marca de suas apresentações, também faz parte do espetáculo. Dorival Caymmi, Chico Buarque, Gonzaguinha, Paulo Cesar Pinheiro, Wally Salomão, Clarice Lispector, Chico Cesar, Adriana Calcanhotto, e o irmão, Caetano Veloso, são alguns dos autores escolhidos para compor o show.

Mais comemoração

No dia 05, os Correios lançaram um selo comemorativo em homenagem à Maria Bethânia, e em junho, a cantora será homenageada no Prêmio da #Música Brasileira, no Theatro Municipal do Rio.

Publicidade

Também está previsto para este ano o lançamento, em CD e DVD, de "Bethânia e as Palavras", espetáculo com textos entremeados por canções.

Voltando ao início 

A estreia de Maria Bethânia no show Opinião foi filmada por Paulo César Saraceni - um dos mentores do Cinema Novo - e tem trechos disponíveis no Youtube. Procure por "Maria Bethânia Carcará 1965" e confira toda a força da baiana, que há 50 anos vem emprestando sua voz ao Brasil. #Entretenimento #Famosos