O consagrado escritor e ensaísta italiano, Umberto Eco, lançou recentemente na Itália sua nova obra, um romance com o título 'Número Zero'. Trata-se de uma história que gira em torno de como o mau jornalismo tendo sido passado na redação de um jornal fictício.

O novo texto literário de Umberto Eco, autor do romance famoso 'O Nome da Rosa' acontece no ano de 1992. Este foi um ano marcado para a Itália por fatos como revelações de atos de corrupção e a realização de famosa operação Mãos Limpas, que remexeu com grande parcela dos políticos da época.

Com grande habilidade vão sendo mostrados temas que não tiveram solução e agitaram a Itália.

Publicidade
Publicidade

Um deles foi o caso envolvendo a loja maçônica Propaganda 2, liderada pelo respeitado Licio Gelli, que tinha o objetivo firme da dar um 'golpe branco'.

Segundo Elisabetta Sgarbi, dirigente da editora Bompiani, pela primeira vez Umberto apresenta um romance onde se descortina tempos tão atuais. Eco descreve um jornal e sua redação, surgido em 1992. O texto mostra um jornal que desvirtua, desinforma, calunia pessoas, chantageia descaradamente, manipula, forja relatórios com documentos secretos. Para Roberto Saviano, jornalista famoso por sua constante atuação contrária à máfia italiana, o romance de Eco é como se fosse um manual do jornalismo dos tempos atuais.

A conceituada revista L'Espresso publicou um debate entre Umberto Eco e o jornalista Roberto Saviano. Nesta ocasião o escritor revelou que não teve a intenção de mostrar um tratado de jornalismo.

Publicidade

Seu objetivo foi escrever um relato acerca dos limites da informação, mostrando como é uma engrenagem destinada a denegrir e não tanto a respeito do ofício de informar.

O autor se diverte neste livro lembrando frases populares e muito utilizadas nos textos jornalísticos, tais como 'no olho do furacão', 'duro revés' e 'com água no pescoço'.

Fazendo uso de delírios sentidos por um redator tresloucado, Eco relata fatos que parecem ser concretos, mas baseados em acontecimentos bizarros. Estas histórias se confundem umas com outras e acabam gerando novas noticiais para o jornal fictício.

'Número Zero' é o 7º romance de Umberto Eco. Ele já publicou, entre outros, 'O Cemitério de Praga' e 'O Pêndulo de Foucault'. #Literatura