O programa Santa Catarina #Moda e Cultura (SCMC) é um dos maiores eventos de moda do Brasil. Nele, empresas e estudantes trabalham juntos para estudar a fundo a cultura local, construindo um conhecimento maior com grande potencial criativo.

A dinâmica do projeto consiste em formar times criativos que mesclam alunos de instituições da região e funcionários envolvidos diretamente no desenvolvimento de produtos das indústrias catarinenses. Nos primeiros meses, esses times participam de palestras, capacitações e fóruns que nivelam e preparam cada integrante para a etapa seguinte. O conhecimento adquirido é determinante para a escolha da personalidade catarinense que servirá de inspiração de uma coleção pocket que é apresentada no final do ano ao público.

Publicidade
Publicidade

Em nove edições, o SCMC envolveu mais de 450 alunos de 18 instituições de ensino diferentes, que fizeram parte dos times criativos e 39 empresas que investiram recursos e pessoas para a realização do projeto. Hoje, o SCMC conquistou o posto de quarto evento de moda mais importante do Brasil e foi o ponto de partida para diversos produtos lançados no mercado.

Nas palavras de Jackson Araújo, um dos diretores criativos do projeto,  "É importante estabelecer essa ponte entre as empresas de Santa Catarina e os estudantes que vêm das instituições locais. Quem sai ganhando é o design. As marcas oxigenam seu portfolio e sacodem suas estruturas com essa injeção de criatividade. Os futuros profissionais do mercado ganham a vivência de como criar dentro da estrutura corporativa e seguindo parâmetros de produção industrial e mercadológica".

Publicidade

Um dos destaques da edição passada foi o projeto do time criativo formado pela Instituição Uniasselvi e pela empresa Círculo S/A. A empresa que produz fios direcionados ao mercado artesanal desconstruiu a forma como pensa a produção atual e conseguiu através do projeto desenvolver um produto utilizando como matéria-prima apenas resíduos de seu processo produtivo. Com o novo produto desenvolvido, foram produzidas 7 peças multiuso em crochê manual utilizando a mão-de-obra de artesãs locais, o que resultou num trabalho totalmente autoral e exclusivo.

As coleções de todos os times criativos ficaram expostas para visitação. A exposição teve a honra de receber Paulo Borges, criador do São Paulo Fashion Week, que manifestou sua admiração ao projeto em suas redes sociais.

Para o ano de 2015 as inscrições para participar do programa iniciarão em breve, fique atento! Estudantes e empresas já podem aderir ao projeto para mais um ano de inovações  descobertas, uma ótima oportunidade de aprendizado para os estudantes e de renovação do mercado para as indústrias. #Educação