Mauricio de Sousa inova mais uma vez e traz para o leitor mirim e diversos adultos admiradores de seu trabalho 'Meu Pequeno Evangelho' e um novo personagem, 'Marcelinho'. No livro, cujo conteúdo é recheado de mensagens de amor, humildade e caridade, o primo do Cascão, André, visita a turma da Mônica e fala com as crianças sobre o Evangelho, dizendo que todos podem fazer uso dele, independente da religião.

As lições apresentadas pelo 'Meu Pequeno Evangelho' falam de Jesus Cristo sob a ótica do fundador da religião espírita, Allan Kardec. De acordo com Mauricio de Sousa, não é necessário ser espírita para ler o livro, uma vez que foi pensado no alcance de todas as crianças para que elas deixem de brigar e passem a amar mais a família e os amigos.

Publicidade
Publicidade

O livro não possui o formato em gibi. É dividido em histórias que ensinam sobre os valores pautados em amor de uma forma mais lúdica.

A Turma da Mônica, com cerca de 50 anos de idade, já tinha até realizado um upgrade quando seu criador começou a vislumbrar a turma jovem. Até o casamento do par romântico Cebolinha e Mônica aconteceu.

Maurício possui 10 filhos e, por tradição, os personagens da Turma da Mônica são inspirados neles, considerando suas aparências e personalidades. Mônica foi a primeira filha retratada nos quadrinhos da turma e agora o seu último filho, Marcelinho, de 16 anos, passa a compor a turma, com a aparência de seus 9 anos de idade. Ou seja, a turminha voltou a ser criança.

O novo personagem de Maurício de Sousa é uma criança de 7 anos de idade, com paixão pela disciplina matemática e com mania de economia.

Publicidade

Bastante pertinente, por sinal, no cenário econômico em que está o País e com a educação financeira inserida no programa das escolas. Na área dos esportes, o garoto tem grande aptidão pelo futebol. Marcelinho, por enquanto, só está presente nas tirinhas da internet. Mas em breve poderá ser encontrado nos gibis, em bancas de revistas.

O pai da turma da Mônica está com 80 anos e ainda produzindo obras de arte. Resta saber se, agora que inseriu seu último filho, continuará criando novidades a partir das peripécias dos seus netos. #Inovação #Livros