A última moda das animações japonesas parece ser reviver os clássicos da década de 90. Digimon Adventure Tri, continuação das duas primeiras séries animadas, irá estrear mês que vem no Japão; tivemos também o recém-lançado Saint Seiya: Soul of Gold, que contará uma história paralela à saga de Hades. E agora, quando todos pensavam que Dragon Ball não tinha nada mais a oferecer além dos longas animados para as telas de cinema, surge uma notícia bombástica: vem aí Dragon Ball Super, uma nova animação para a TV que dará continuidade a saga de Majin Boo.

A notícia foi dada pela Toei Animation, estúdio de animação responsável pelo anime, nesta terça-feira (28).

Publicidade
Publicidade

Segundo o produtor da Fuji TV, durante o anúncio à imprensa, "O Sr. Toriyama criou um enredo que não é apenas um sonho tornado realidade para os fãs de Dragon Ball, mas um sonho que irá criar uma nova geração de espectadores". Sua fala corrobora as tentativas atuais dos produtores de tentar levar esses clássicos a uma nova geração, como tentou o anime Saint Seiya Ômega e o longa feito em computação gráfica A Lenda do Santuário, ambos com focos bem diferentes em relação à série clássica.

Nesta última semana de abril, outra notícia envolvendo Akira Toriyama já havia chamado atenção do público, quando foi revelado que ele estaria criando um mangá em parceira com Masakazu Katsura, autor de Zetman e Video Girl Ai. Os dois mangakas já haviam trabalhado juntos em outros projetos, como a one-shot Sachie-chan Good!!, em 2008, e uma história em três capítulos chamada Jiya, em 2009 (ambos do gênero comédia, ficção científica e ação).

Publicidade

Em 1996, a Toei Animation também produziu uma série animada para dar continuidade ao mangá de Akira Toriyama. Apesar do sucesso na época, ela não foi muito bem aceita pelos fãs espalhados nos diversos países onde a série foi exibida. Mesmo os longas animados recentes descartam os eventos de Dragon Ball GT, como o fará esta nova série da Toei.

Dragon Bal Super tem previsão de estréia para julho no Japão, pouco depois da exibição do longa O Renascimento de Freeza nos cinemas brasileiros, que contará com a presença de outras duas animações japonesas em 2015. #Entretenimento #Televisão