Para quem leu as obras infanto-juvenis "As aventuras do Caça-Feitiço" que engloba os #Livros "O aprendiz" e "A maldição" do escritor britânico Joseph Delaney já podem comemorar: o autor destes livros virá para o Brasil muito em breve para participar da 17ª Bienal do Livro. O evento, que é uma das maiores feiras literárias do mundo, acontecerá no Rio de Janeiro, entre os dias 3 e 13 de setembro no RioCentro, situado na Barra da Tijuca. O local situa-se na zona oeste da cidade. Os livros do autor foram traduzidos no Brasil pela editora Bertrand Brasil.

Além de Joseph, confirmaram outros autores internacionais britânicos e norte-americanos: Julia Quinn, Sophie Kinsella e Collen Houch.

Publicidade
Publicidade

Dos brasileiros, estão confirmados algumas figuras sempre presentes, como: Talita Rebouças, Ziraldo e o desenhista Maurício de Souza, "pai" da Turma da Mônica.

SUCESSO DE VENDAS

Quem acompanha o trabalho de Joseph sabe que ele é um dos escritores mais vendidos de sua geração. Foram mais de 100 mil cópias distribuídas entre leitores que foram às livrarias em busca das obras do inglês. No Brasil, aproveitando o sucesso, já foi relançado "O Sétimo Filho" pela Bertrand, em edição comemorativa. A história será adaptada para o cinema.

Joseph Henry Delaney é um ex-educador dedicado à área de #Literatura e hoje se consagra como escritor de ficção científica voltada para o público jovem. Seus textos abordam mundos distopicos, com muita fantasia e criatividade.

Após aposentar-se, Delaney passou a gastar todos seus esforços na carreira de escritor, que lhe rendeu diversos prêmios pelo mundo.

Publicidade

Em sua bibliografia também se inserem as obras: As Feiticeiras de Wardstone, O Bestiário do Caça-Feitiço e O Conto de Grimalkin.

A BIENAL DO LIVRO

Um dos eventos mais aguardados pelos fãs de literatura de todo o Brasil, a Bienal do Livro está em sua 17ª edição. Ela será sediada nos 55 mil m², nos pavilhões do RioCentro. Além de escritores famosos, rodas de conversa e muitos preços bons, são aguardadas novidades nos dez dias do evento que se consagrou como um dos mais importantes para a literatura no país. Tal como diz o slogan da página oficial do evento, a Bienal do Livro é diversão para toda a família.