Se há algo na vida que preenche a alma e proporciona bem estar é completar a leitura de um bom livro. No mercado editorial, o fenômeno do gênero Young Adult ("jovem-adulto", na tradução livre para o português) o despertar para a leitura tem sido favorecido pelo crescimento de textos que são incrementados com fantasia e ficção, em um jogo de criatividade incrível.

Títulos como: "A Culpa é das Estrelas", de Jhon Green, e a trilogia: "Jogos Vorazes", da norte-americana Suzane Collins, são exemplos reais do potencial do público jovem no mercado de #Livros. Hoje, cada vez mais segmentados, os autores buscam referências no passado e em clássicos, como o sempre revisitado: "Cinderella".

Publicidade
Publicidade

Uma das histórias que explora essa tendência é a tríade de livros "A Seleção". Os textos, escritos por Kiera Cass, falam de uma sociedade monárquica separada por castas. A protagonista, America Singer, é uma jovem que pertence a uma das mais baixas camadas sociais. Em determinado momento da trama, se inicia uma disputa feroz em busca da mão do príncipe Maxon, que decide que irá escolher sua futura esposa por meio de uma competição. Esta será a futura rainha da terra de Illéa. O filme que conta o começo da jornada de America será lançado daqui a um mês.

A história, que se aproveita bastante do conto antigo, ficou famosa mundialmente. Nesta semana, vazou o primeiro capítulo do livro "A Herdeira", que é a quarta história da saga "A Seleção". O romance completo será lançado no dia 5 de maio, junto com o filme.

Publicidade

No livro novo, a narradora é Eadlyn, filha mais velha de America Singer. A capa estampa sua imagem. Segundo o blog de Kiera Cass, que disponibilizou o primeiro capítulo, a história promete trazer ao público leitor uma nova visão da trama.

Confira a sinopse escrita pela autora em seu blog:

"Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, a filha mais velha do casal. Criada para ser uma líder forte e independente, ela nunca quis viver um conto de fadas como o de seus pais. Por isso, antes de conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova seleção, a jovem está totalmente descrente. Mas, assim que a competição começa, a situação muda de figura. E Eadlyn percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto imaginava." #Literatura