Os fãs de animação estão vendo nos últimos anos um ressurgimento dos clássicos da Disney, uma das maiores produtora de filmes nos Estados Unidos. Inúmeros filmes "live action" - filmes que eram originalmente desenhos animados e se tornaram adaptações com pessoas de carne e osso - já foram liberados para o grande público, como Alice no País das Maravilhas, Malévola, Encantada, Into the Woods e, mais recentemente Cinderela. Todas as histórias foram campeãs de bilheterias e refletem o sucesso que a estética Disney alcança.

A novidade é que além do que já foi anunciado, de que Mulan e A Bela e a Fera estrelado por Emma Watson, a eterna Hermione da série Harry Potter, os estúdios norte-americanos vão lançar uma versão live action de Ursinho Pooh. Isso mesmo! O clássico personagem cômico e atrapalhado vai ganhar carne e osso, tal como sua turma de amigos.

Publicidade
Publicidade

A fábula nasce como uma história natalina da amizade entre um urso e um humano, o jovem Christopher. Sempre sensível ao toque de ingenuidade que histórias clássicas podem proporcionar, a Disney tomou para si, exibindo sua primeira versão em 1961. Winnie the Pooh se tornou série de televisão, jogo de videogame e percorreu o mundo como um sucesso absoluto para o público infantil.

Segundo o site de notícias sobre o mundo da mídia, Deadline, a Disney contratou roteiristas e um escritor independente para preparar a trama do live action. Ainda sem data de lançamento, o filme segue em fase de preparação inicial, já que todas as atenções estão voltadas para A Bela e a Fera no momento.

O escritor eleito para pensar na trama de Pooh será Alex Ross Perry, que escreveu Cala Boca Philip. Em ambiente de fofura total, o filme parece que se focará em Christopher em idade adulta, voltando para o "Bosque dos Cem Acres".

Publicidade

Em 2011, a Disney voltou a usar a imagem do personagem em um relançamento que fez muitos elogios aos estúdios.

Ainda não se sabe se Perry também dirigirá o filme, mas a expectativa é grande, já que o escritor é aclamado pela crítica por bons trabalhos que já realizou. #Cinema