Ter fluência em um segundo idioma deixou de ser um diferencial e passou a ser requisito de muitas empregas que abrem vagas de trabalho. Geralmente, o inglês é o idioma solicitado, então saber uma outra língua que não o inglês se torna um diferencial. Mas os motivos para estudar francês vão além: há quem ache o idioma charmoso, há quem queira fazer intercâmbio, #Curso ou mochilão na França ou simplesmente quem quer melhorar o currículo.

Independente do motivo, é possível estudar e aprender francês sem sair de casa e gratuitamente. Há uma série de sites que disponibilizam material para quem deseja aprender, aprimorar e treinar o francês.

Publicidade
Publicidade

Confira abaixo cinco dicas.

Babbel

Ao entrar no site, o visitante deve responder se seu nível de francês é iniciante ou avançado. No início do módulo iniciante, são mostradas figuras simples com opções de resposta abaixo e o usuário vai juntando pontos. O curso é inteiramente gratuito e possui método diferenciado. Além de francês, também há curso de alemão, espanhol, sueco, italiano e inglês. 

FrancêsZero

O site é indicado para quem tem conhecimento básico ou intermediário em francês. São oferecidos podcasts de acordo com os níveis, atividades com músicas e exercícios originais. O site também conta com prático dicionário português-francês, francês-português e francês-francês, além de opção para conjugar verbos. Parte do curso é gratuita.

Le Journal en Français Facile

Dizem que uma ótima forma de aprender um novo idioma é no dia a dia.

Publicidade

Então que tal ouvir as notícias do dia como se estivesse na França lendo ou assistindo um jornal? O Le Journal en Français Facile é composto por podcasts gratuitos para iTunes preparados com notícias em francês mais acessível.

Wikilivros

O site oferece curso gratuito para nível básico com seis completas lições. Além delas, há textos práticos e objetivos sobre a gramática francesa. #Educação

BBC Languages

O site é bem interativo e perfeito para aprender francês sem cair na rotina. Há exercícios comuns, áudios, vídeos, jogos e muitos outros materiais gratuitos. Possível contra: é necessário saber falar inglês para aproveitar o conteúdo. Então que tal também aprender inglês online e de graça?