A ufologia nasceu oficialmente na guerra fria, fomentada pela aparição de OVNIS. Uma ciência que busca a identificação de veículos vindos de culturas de outras possíveis civilizações não necessariamente humanas, apesar do grande acervo experimental militar, e a interação com estes. Enquanto a Exobiologia, ciência que estuda a vida e o surgimento da vida fora da terra, hoje engatinha analisando fragmentos de rochas de diversas partes do sistema solar e da alta atmosfera.

Ambas se unem para trazer esclarecimento sobre o tema com informações sólidas e pesquisa anexadas a um grande acervo Brasileiros sobre o tema apresentado na publicação "Revista UFO" junto ao Centro Brasileiro de Pesquisa de Discos Voadores (CBPDV).

Publicidade
Publicidade

Verifica-se por contatados que extraterrestres  se comportam de forma imprevisível. Tal fato desperta o medo do desconhecido, assim como temor sobre espécies tecnologicamente mais avançadas. Em contrapartida hoje, os cientistas lutam para reconhecer os golfinhos como humanos, de acordo com o site da Times,  Thomas White, professor de ética da Universidade de Loyola Marymount , na Califórnia, escreveu uma série de estudos acadêmicos que sugerem que os golfinhos têm direitos por causa de sua capacidade cognitiva e complexidade cerebral.

O que os golfinhos tem com a ufologia e exobiologia? Eles são a segunda espécie inteligente, com capacidade de aprendizado e raciocínio lógico na Terra, possuem cultura, ainda que não tecnologia, são capazes de interação inteligente, ainda que sua linguagem e sua cultura não sejam humanas,são complexas e repleta de nuances. 

Assim há outras espécies inteligentes na Terra hoje, completamente diferentes dos seres humanos, que podem também ser humanos em sua capacidade, se torna curioso o "não crer em extraterrestres", uma vez que "crer" é religião e não ciência, já que a ufologia é uma ferramenta, e busca com a exobiologia a interação com estas entidades extraterrenas.Mesmo a humanidade da Terra não saindo do berço não significa que outras civilizações e espécies façam o mesmo.

Publicidade

Conscientizando-se sobre o universo a volta a humanidade progride. Isto ajuda a superar alguns dos problemas presentes. Uma possibilidade real é que talvez hajam civilizações que querem trocar cultura, tecnologia e pesquisa no lugar de se matarem em guerras ideológicas.

Concluindo, a exobiologia, tratará de reconhecer estas entidades biológicas e sua fisiologia, enquanto a ufologia, estudará a interação no encontro dos OVNIS, permitindo assim uma abordagem que permita o melhor aproveitamento do encontro de duas civilizações em primeira instância, talvez abrindo espaço para que se possa adicionar um relacionamento proveitoso para ambas as culturas no lugar de uma exploração unilateral ou desrespeitosa de cada um dos lados. #Negócios #Curiosidades