A inspiração para a história de "Divertida Mente", segundo o diretor do filme, Pete Docter, veio de sua própria filha, uma garota alegre e sorridente que começou a ficar mais tímida e mal-humorada na pré-adolescência. Foi procurando entender o funcionamento dessa transição que ele começou a pesquisar e chegou à proposta do filme.

Segundo o diretor, a intenção foi fugir de algo educativo apostando no lúdico e na diversão, porém ele reconhece ser bastante recompensador ver que as pessoas "se identificam ao perceber que a mensagem passada é sobre algo que aconteceu em suas próprias vidas", afirmou à revista Época. Sem dúvida, levando em conta a recepção da crítica, o filme consegue expressar com beleza um período bastante marcante na vida de todas as pessoas, que é a perda da infância e a transição para a adolescência.

Publicidade
Publicidade

Para Fernanda Furia, mestre em Psicologia de Crianças e Adolescentes pela University College London e fundadora do Playground da Inovação - blog e consultoria de Inovação em Psicologia e Educação, a alteração de humor na adolescência seria natural pelas mudanças que ocorrem nesse momento da vida, desde questões hormonais e corporais ao modo como os indivíduos se veem e são vistos pelos outros, principalmente os pais. No caso do filme, "a personagem vive uma perda importante ao se mudar de cidade com os pais. Ela perdeu a convivência com os amigos, com o time de hóquei e com a própria casa. É esperado e saudável que ela demonstre tristeza diante desta situação", afirma Fernanda.

Por outro lado, a especialista considera ser necessário ter uma atenção maior ao comportamento dos jovens nesse momento da vida, já que "muitas vezes há uma confusão entre o que é uma tristeza adequada a uma situação específica e o que é uma depressão de fato.

Publicidade

Por isso, quando esta tristeza se prolonga e começa a afetar as suas tarefas diárias é importante procurar um especialista que será capaz de fazer um diagnóstico adequado ao contexto em que o adolescente vive". #Entretenimento #Cinema