Os fãs da história de Alice no País das Maravilhas já podem ficar felizes com uma novidade. Não se trata de um filme, ou uma adaptação teatral, mas o relançamento de uma edição especial e ilustrada do livro.

A nova edição de Alice no País das Maravilhas traz ilustrações interessantes e pra lá de modernas e descoladas de autoria da estilista inglesa Vivienne Westwood e tem tudo para virar um item de colecionador.

As ilustrações criadas por Vivienne Westwood trazem os traços característicos da estilista que é a responsável pela new wave moderna e a #Moda punk.

Os traços de Vivienne estão na capa do livro que traz uma estampa icônica da estilista.

Publicidade
Publicidade

Ela também participa na obra da introdução com suas ideias sobre o capitalismo, meio ambiente, ativismo e energia sustentável.

A estilista tem uma ligação anterior com a obra que foi tema de uma coleção criada pela estilista em 2012 e que já confessou ser este um dos seus #Livros preferidos da infância. Segundo a estilista esta obra é uma das suas preferidas, pois é uma história no fundo subversiva.

Para comemorar o lançamento da obra, a estilista leu a obra para 20 crianças de algumas instituições de caridade em Londres e a nova loja de Vivienne foi decorada com as ilustrações do livro.

A obra comemorativa não tem previsão de ser lançada no Brasil, mas não custa procurar na internet para comprar.

Mais sobre a história de Alice

Este lançamento da nova edição de Alice veio para comemorar os 150 anos da obra de Lewis Carrol, escritor que ficou mais conhecido pela obra que já ganhou tantas edições, desenho da Disney e recentemente um filme de Tim Burton.

Publicidade

A história de Alice no País das Maravilhas tem origem em 1862 quando o escritor passeava de barco pelo rio Tâmisa com a menina com o mesmo nome da personagem (na época com 10 anos) que acompanhava suas duas irmãs. Sua história começava com a narrativa de uma menina chamada Alice que ia parar em um mundo fantástico após cair numa toca de coelho.

Esta obra já recebeu muitas interpretações, muitas delas absurdas, mas a maioria até interessantes. O livro que era para ser uma obra infantil, também pode ser uma obra para adultos. Este livro ainda possui uma continuação, Alice do outro lado do espelho.

A obra Alice no País das Maravilhas já foi traduzida para 125 línguas e, somente na língua inglesa, a obra já teve cerca de 100 edições. Um clássico que é ao mesmo tempo moderno. #Entretenimento