Embora a Maçonaria seja uma instituição bastante antiga no Brasil, a realização de pesquisas acadêmicas mais mais sistemáticas data somente da década de 1990. Nas décadas anteriores foram publicadas principalmente obras elogiosas escritas pelo próprio maçons ou de obras que visavam acusar a instituição por grandes complôs. Contudo, em função das produções acadêmicas, aos poucos a Maçonaria vai deixando o véu de mistério, passando a ser vista pela sociedade não mais como uma rede invisível de pessoas poderosas.


O livro Maçonaria no Brasil visa reunir um conjunto de pesquisas acadêmicas, realizadas em diferentes áreas das Ciências Humanas, produzidas nas duas últimas décadas. Os texto visam apresentar uma interpretação científica da fenômeno maçônico, em diferentes épocas e regiões do pais, demonstrando a importância da instituição para diferentes processos políticos e sociais ocorridos nos éculos XXI e XX.


Nesse sentido, pode-se encontrar a presença da Maçonaria não apenas nos grandes processos históricos, como a Independência ou a Proclamação da República, mas também na defesa da educação laica ou no golpe de 1964. Sua presença, seja por meio das lojas, seja por meio da atuação individual de alguns maçons, pode ser percebida pela imprensa ou por outros documentos disponíveis em acervos públicos, superando os fetiche de misteriosos arquivos que supostamente os maçons escondem.


Este livro, portanto, ao priorizar mostrar a atuação pública da Maçonaria e não sua participação em supostos complôs misteriosos, pode decepcionar o leitor acostumado às leituras rápidas que prometem desvendar os segredos da Maçonaria. Por outro lado, a obra não tem como objetivo fazer um juízo de valor, condenando ou elogiando ações tomadas pela Maçonaria. O que se pretende, efetivamente, é analisar o fenômeno social que de forma ampla se chama de Maçonaria.


Organizado pelo historiador Michel Goulart da Silva, doutorando em #História pela Universidade Federal de Santa Catarina e servidor do Instituto Federal Catarinense, o livro foi publicado pela Paco Editorial, que nos últimos vem trazendo ao público uma série de importantes obras acadêmicas. Contando com a colaboração de pesquisadores do Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Ceará, a obra pode ser adquirido nas mais importantes livrarias do país ou diretamente no site da editora.


O livro será lançado no dia 17 de julho de 2015, às 19h, na Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, em Florianópolis. #Livros