Morreu na última terça-feira, dia 30 de junho, no Estado norte-americano do Mississippi, o único filho de Robert Jonhson, considerado o nome mais importante do ‘blues’ e uma das maiores influência do rock’n’roll. A morte de Claud Jonhson foi comunicada por seu advogado, John Kitchens. Ele confirmou que Claud tinha 83 anos, era diabético e sofria de problemas cardíacos. Ele morava na cidade de Crystal Springs e faleceu no Hospital Batista de Jackson.

A Suprema Corte do Mississippi garantiu a Claud, em 2014, os direitos exclusivos sobre as duas únicas fotografias existentes de Roberto Johnson, autor de clássicos do ‘Delta style’ como “Me and the Devil Blues” “Sweet Home Chicago”, “Love in Vain” e “Cross Road Blues”.

Publicidade
Publicidade

De acordo com Kitchens, Claud era um homem simples. “Antes de ter o espólio do pai reconhecido, em 1998, e posteriormente ter acesso aos direitos autorais e de imagem de Robert Jonhson, ele saia para compras frutas e nozes que colocava em cestas e dava para os moradores de rua da comunidade”, comentou o advogado. “A única coisa que mudou, com o dinheiro, foi o tamanho das cestas. Elas ficaram maiores”.

Claud Johnson foi criado pelos avós maternos, pais de Vergie Cain, e casado durante 59 anos com Earnestine, com quem teve seis filhos – ela morreu em 2013. O filho da maior lenda do ‘blues’ trabalhou como pintor, motorista de caminhão e tinha uma churrascaria. Robert Johnson foi uma personagem faustiniano, que se apresentava de forma mambembe no interior do Mississippi, na década de 30, mas que experimentou algum reconhecimento em vida.

Publicidade

Figura lendária, o primeiro ‘bluesman’ da história teria feito um pacto com o diabo em um cruzamento, a "encruzilhada" de Clarksdale (Miss.), e a causa de sua morte, aos 27 anos, segue indefinida – a hipótese mais difundida é que ele foi assassinado por ciúmes.

Johnson participou de apenas cinco sessões de gravação, registradas em novembro de 1936, em San Antonio, e junho de 37, em Dallas. Em ambas, ele aparece sozinho, cantando e tocando guitarra acústica – uma Gibson L-1. Todo o material, lançado na época pelos selos Perfect, Localion e Conqueror, foi reunido pela Columbia, em 1990, na caixa “The Complete Recordings”. #Entretenimento #Famosos #Música