"Beije minha lápide". É isso mesmo. De nome excêntrico e fúnebre, peça de Marco Nanini estreia no #Teatro Oi Casa Grande, no Rio de Janeiro, com promessa de revelar lado mais profundo do artista, com texto bem trabalhado. Em seu camarim, ele fez um desabafo para o repórter de um periódico da cidade. Ele acha que o Brasil encontra-se em uma depressão e crise. Isso tem revelado um sentimento de revolta e desânimo.

"O dólar está altíssimo, as pessoas continuam desniveladas economicamente e a educação e a cultura são tristes", disse.

O preconceito velado e declarado tem deixado o ator bastante pra baixo. O tema inspirou sua peça, com texto do escritor Jô Bilac. "Beije minha lápide" aborda a intolerância através da história e vida de um escritor homossexual, leitor ávido do inglês Oscar Wilde.

Publicidade
Publicidade

Wilde foi quem escreveu "O retrato de Dorian Gray", romance clássico aclamado pela crítica por abordar de forma sutil a questão.

"Parece que tudo encaretou dos anos 1970 para cá neste país", disparou Nanini.

Antenado, o ator declarou ainda na entrevista que quando alguém é chamado de macaco o país emburrece. "Parece um retrocesso", falou. Questionado sobre seu hábito de fumar, o ator disse que é bastante controlado, pois não consegue passar do quinto cigarro por dia. 

Entreouvidos  

Inspirados pelas críticas que a observaram na estreia da peça, atores #Famosos aproveitaram para papear sobre os preços do "Rio Surreal".

"Aqui está difícil, é o lugar mais caro do Brasil", declarou Lucinha Lins.

Já o galã Chay Suede acompanhou a apresentação na plateia e disse que leu Wilde, não tem uma frase predileta, mas é interessante qualquer obra que aborde a intolerância.

Publicidade

O ator está na novela Babilônia, que anda mal das pernas por conta da fraca audiência, vivendo o filho do casal lésbico vivido por Fernanda Montenegro e Nathália Timberg. Ele espera que um dia o tema não choque mais o brasileiro.

"As pessoas precisam se olhar com mais amor", finalizou Chay.

O teatro Oi Casa Grande fica localizado no bairro do Leblon. #Entretenimento