A venda de livros cresceu no Brasil no primeiro semestre de 2015. Apesar da crise, houve um aumento de 6,9% no faturamento no mercado editorial, em comparação com o mesmo período de 2014. Outra notícia boa é que o volume de vendas também aumentou 8,6%. De acordo com um levantamento, os #Livros de colorir foram os responsáveis por esse aumento.

Na lista dos livros mais vendidos de julho de 2015 estão cinco livros de autores nacionais, entre os gêneros autoajuda e ficção. E ocupando as primeiras posições estão alguns dos livros que figuram na lista dos mais vendidos desde março. 

Top 10 livros mais vendidos de julho de 2015

1º e 2º lugares: Jardim Secreto e Floresta Encantada (Johanna Basford)

 Os dois volumes que introduziram a moda dos livros para colorir no Brasil venderam juntos 104 mil e 217 unidades. 

3º lugar: Philia (Padre Marcelo Rossi)

Philia mantém-se como o livro de autoajuda mais vendido nos primeiros meses do ano.

Publicidade
Publicidade

Foram vendidos 31 mil e 518 exemplares do livro que trata dos dez males da humanidade.

4º lugar: Cidades de Papel (John Green)

O livro, que foi lançado em 2013, subiu algumas posições após a estreia de sua adaptação nos cinemas, em 24 de julho. O filme que já arrecadou quase US$ 50 milhões nas bilheterias do mundo, teve 24 mil e 587 exemplares vendidos.

5º lugar: Minha vida fora de série - 3ª temporada (Paula Pimenta)

Novidade na lista dos 10 livros mais vendidos, a 3ª temporada da obra de Paula Pimenta vendeu 23 mil e 564 unidades.

6º lugar: A mágica da arrumação (Marie Kondo)

Permanecendo na lista, o livro que ajuda a acabar de vez com a bagunça, vendeu 22 mil e 147 cópias.

7º lugar: Não se Iluda Não (Isabela Freitas)

Depois do sucesso de Não se Apega Não, Isabela lançou Não se Iluda Não em julho.

Publicidade

O livro de autoajuda vendeu 21 mil e 30 exemplares.

8º lugar: A Herdeira (Kiera Cass)

O quarto livro da série A Seleção vendeu 19 mil e 791 exemplares.

9º lugar: Ansiedade: Como enfrentar o mal do século (Augusto Cury)

Na lista dos 10 livros mais vendidos desde fevereiro de 2014, o livro de autoajuda vendeu 17 mil e 106 unidades.

10º lugar: Eu fico Loko (Christian Figueiredo de Caldas)

O livro que conta porque o vlog Eu fico Loko é recorde de visualizações e inscrições vendeu 13 mil e 556 exemplares.

Confira os 10 livros mais vendidos de junho e veja quais deles permaneceram na lista de julho. #Entretenimento #Literatura