No mês de maio deste ano, diversos sites e portais de notícia sobre o mundo da #Música anunciaram que mais de 200 horas de material do ídolo do Nirvana, o vocalista Kurt Cobain, viriam à público. Os vídeos são inéditos e estavam guardados em fitas cassete. Além disso, músicas inéditas guardadas a sete chaves seriam organizadas e lançadas para o primeiro álbum póstumo solo de Kurt. Contudo, o que os fãs mais aguardavam ainda não tinha saído: a data do lançamento do #Filme "Montage Of Heck", que contará a história do cantor dos Estados Unidos, mostrando detalhes de sua rotina, relação familiar, com amigos e fãs.

Segundo o diretor do documentário, Brett Morgen, o trabalho completo do álbum chegará à lojas em novembro deste ano junto com um DVD do filme.

Publicidade
Publicidade

Em entrevista para jornalistas norte-americanos, ele declarou que os fãs poderão sentir como se estivessem juntos a Kurt Cobain em um dia de verão em Olympia, no estado do Washington, no momento em que ele compõe e toca novas canções. Era lá que o cantor vivia. Ele deixou claro que não será um trabalho do Nirvana, apesar da banda ter feito parte significativa da carreira de Kurt. O filme tratá apenas o lado da vida do vocalista, sem se aprofundar em questões sobre a banda que trouxe fama e sucesso para o cantor.

"Você irá ouvi-lo fazer coisas que nunca esperava", disparou o diretor do projeto e do documentário.

Composições são feitas de modo artesanal

Ainda falando com jornalistas sobre o lançamento do DVD, músicas e outras novidades, o diretor adiantou detalhes sobre o disco. Para ele, o filme vai permitir que as pessoas ampliem o entendimento de Kurt como artista e homem.

Publicidade

Morgen falou que o álbum vai mostrar um Kurt mais "leve" do que o de costume. Morgen declarou que os que assistirem o filme verão o quanto Kurt era feliz ao criar suas canções e as letras eram feitas de modo divertido, sem preocupação, com sensação de descoberta.

Diferente do que se pensa, as canções eram gravadas de modo mais "orgânico" e artesanal, conceito bastante explorado pelo documentário, que visa um equilíbrio entre essas características e o processo criativo de Kurt. #Famosos