O CPM 22 deu início às festividades do rock novo. A banda paulistana despontou justamente no último suspiro do gênero nas rádios brasileiras e na MTV. Impactaram uma geração de pessoas que gostavam de canções em ritmos acelerados e cantaram musicas românticas.Depois deles, veio NX Zero e o sol que tanto incomodou ao longo do dia e fez com que o público buscasse sombras para se proteger ao longo do dia, já tinha desaparecido quando Badauí e sua turma surgiram na gigante estrutura montada do Palco Mundo.

Quando a queima de fogos começou, marcando o início da segunda parte do festival, com os shows maiorais, jovens que cresceram com canções como O Mundo Dá Voltas, Tarde de Outubro e Não Sei Viver Sem Ter Você tiveram o seu momento que os roqueiros mais velhos, fãs de Queen ou Metallica, experimentaram nos dias anteriores, guardadas as suas devidas proporções.

Publicidade
Publicidade

A banda paulista, escolhida para abrir as atividades do principal palco do festival carioca, na noite passada, dialoga com uma geração roqueira. Escalada para subir ao mesmo Palco Mundo, apresentam aquilo que o rock produziu nas duas últimas décadas, a fusão com outros gêneros, novas categorias e subcategorias. O riff de Regina Let's Go, primeiro sucesso da banda de hardcore melódico o CPM 22, uma novidade aos ouvidos de qualquer um que passou pelo primeiro fim de semana de #Rock in Rio na Cidade do Rock, por ser um grupo jovem e inovador.

Alguns grupos recentes precisam se destacar, como o System of a Down e Slipknot, contratados para encerrarem a noite de sexta-feira dia, 25 ,sendo eles responsáveis por levarem aos jovens ao lado negro do rock. O que ocorreu foi uma mistura de cantores velhos e jovens, compondo uma democraticidade no meio da música agradando uma variedade de pessoas que gostam de variados tipos musicais.

Publicidade

Adam Lambert, Metallica e Elton John e Rod Stewart, apesar da idade dos integrantes dos grupos, foi tomada pela juventude roqueira que participaram do evento na Cidade do Rock, compondo essa variedade de gostos e gêneros.

MAIS:

Relembre os ‘barracos’ históricos do Rock in Rio no Brasil

Depois de uma pausa de três dias, o Rock in Rio volta à ativa nesta quinta-feira, 24, na “Cidade do Rock”