A procissão do Círio de Nazaré que acontece na cidade de Belém do Pará há mais de dois séculos é sem dúvida uma das maiores e mais belas do Brasil e do mundo.

Aproximadamente dois milhões de romeiros se reúnem numa caminhada de fé percorrendo as ruas da capital paraense. O espetáculo é grandioso e presta homenagens à Nossa Senhora de Nazaré, mãe de Jesus.

A grande festa que é ansiosamente aguardada pelos fiéis paraenses acontece sempre no segundo domingo de outubro, esse ano será no dia 11 de outubro. As ruas são enfeitadas e as casas preparadas para receber parentes que chegam para acompanhar a procissão.

A culinária paraense é fartamente conhecida por ser exótica e saborosa.

Publicidade
Publicidade

Os principais pratos servidos no dia do Círio, o Pato no Tucupí e a Maniçoba, não fogem a tradição.

A procissão sai da Catedral de Belém em direção a Praça do Santuário de Nazaré, num percurso de 3,6 km, lá a imagem da Virgem ficará exposta à visitação e veneração dos fiéis durante quinze dias.

Uma das maiores manifestações de fé acontece próximo da Berlinda, onde fica a imagem da Virgem de Nazaré, romeiros vindos de todas as regiões do estado e até do exterior não medem esforços para tocar a corda e ficar o mais próximo possível da santa de devoção. Alguns carregam objetos que simbolizam a graça alcançada.

No domingo do Círio, às 5h30, é celebrada uma missa em frente a Catedral Metropolitana de Belém, dando inicio as festividades do Círio de Nazaré, em seguida começa a procissão.

Diversos decoradores foram convidados para trabalhar na ornamentação da procissão, eventos e locais durante a quinzena do Círio.

Publicidade

Serão utilizadas flores locais e vindas de outros estados, tais como: rosas, lírios, orquídeas, margaridas e tantas outras.

Devotos de Nossa Senhora de Nazaré

A devoção a virgem começou em Portugal no ano de 361. No Pará foi o caboclo Plácido José quem encontrou às margens do igarapé Murutucú, em 1700, a pequenina imagem da santa. Hoje no local fica a Basílica de Nazaré.

Só no ano de 1792 o Vaticano autorizou uma procissão para que a pequena imagem fosse homenageada, em Belém. Oficialmente o primeiro Círio aconteceu no dia 08/09/1793, antes não havia data oficial para a celebração da romaria, mas o Bispo Dom Francisco do Rêgo Maia determinou a partir de 1901 que a procissão seria realizada no segundo domingo de outubro.

Desde 1969, para manter sua segurança, a imagem original da Virgem teve que ser substituída por uma cópia nas procissões, Ela foi batizada de 'imagem peregrina'. #Igreja #Família #Religião