A cidade de São Paulo já se prepara para mais uma edição de um dos principais eventos de #Cinema realizados no Brasil, a “Mostra de Cinema de São Paulo”. Neste sábado, 17, começam as vendas de pacotes de ingressos para as sessões, que este ano, contarão com 311 filmes, de 62 países. Esta verdadeira “maratona” terá início na próxima quinta-feira, dia 22 de outubro, e seguirá até a quarta-feira, dia 04 de novembro. Serão 13 dias de muito cinema, para cinéfilo nenhum botar defeito.

Como comprar

Os ingressos para a 39ª “Mostra” foram divididos em Pacotes e Permanentes. Os Pacotes podem ser de 40 ingressos (no valor de R$ 315) ou de 20 ingressos (no valor de R$ 185).

Publicidade
Publicidade

Já os ingressos Permanentes se dividem em Integral (que dá acesso a todas as sessões, pelo valor de R$ 430), e Especial (que dá acesso para as sessões de segunda a sexta-feira, até às 17h55, pelo valor de R$ 100).

Os ingressões também podem ser comprados de forma individual. Os valores são de R$ 16 (para sessões de segunda a quinta-feira) e R$ 20 (para sessões de sexta-feira a domingo). Os ingressos individuais podem ser comprados nas próprias salas de cinema onde os filmes serão exibidos ou por meio do site ingresso.com. Já os Pacotes e os Permanentes podem ser comprados na Central da “Mostra”, que fica na Avenida Paulista, número 2.073.

O horário de atendimento será das 11h às 21h. Caso prefira, o comprador poderá ligar antes para a Central. Os telefones para contato são: (11) 3171-3342 e (11) 3171-3421.

Publicidade

Mais informações podem ser obtidas também por meio do site www.mostra.org.

“Maratona” de filmes

Por mais cinéfilo que a pessoa seja, é muito difícil conseguir a proeza de assistir a todos os 311 filmes que serão exibidos este ano na “Mostra de Cinema de São Paulo”. Por conta disso, amantes da sétima arte, espalhados por todo o Brasil, já selecionam os filmes que desejam ver durante as sessões. O jornalista e crítico de cinema Marcel Góes, 32 anos, já selecionou os seus.

“É muito difícil escolher, porque, para quem acompanha cinema praticamente todos os dias, como é o meu caso, há muito #Filme esperado, sobretudo, aqueles que se destacaram em festivais pelo mundo. É o caso, por exemplo, do filme venezuelano ‘Desde Allá’, do diretor Lorenzo Vigas. O filme venceu o Festival de Veneza, um dos mais importantes do mundo. A crítica internacional exaltou o longa e estou ansioso para vê-lo”, confessa Marcel.

“Além deste filme, outro que quero ver é ‘Dheepan’, vencedor da Palma de Ouro em Cannes esse ano.

Publicidade

Li críticas positivas sobre a obra e sobre o diretor Jacques Audiard. Filme vencedor de Cannes tem que ser visto, não tem jeito. É obrigatório não apenas para mim, que escrevo sobre cinema, mas para qualquer cinéfilo. Não tem pra onde correr. Este vou assistir”, garante o jornalista especializado.

Já Adriane Valladares, 19 anos, estudante de cinema e audiovisual, se prepara para assistir os filmes menos badalados. “Sei que tem muito filme bom. Filmes que venceram festivais importantes como: Cannes, Veneza e San Sebastián. Mas gosto mesmo é dos menos badalados por cinéfilos e pela mídia especializada. Gosto de me surpreender com o cinema. Por isso vou escolher as sessões que tiverem mais filmes desconhecidos. Essa é a mágica do cinema, e que me atrai: o choque com o inesperado”, afirma Adriane. #Blasting News Brasil