Durante o mês de outubro, a cidade maravilhosa receberá a mostra Tuku Iho: Legado Vivo Maori pela primeira vez no país. Trazida pelo Instituto de #Arte e Cultura Maori, esta é a maior mostra de cultura Maori realizada nas Américas. A mostra inclui uma exposição de 80 objetos contemporâneos e apresentações em diversos locais turísticos da cidade.

 A exposição acontecerá no Espaço Tom Jobin, no Jardim Botânico, zona sul da cidade, do dia 9 ao dia 25. O local funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. A entrada é franca e a classificação é livre.

No próximo sábado, dia 10, às 18h, no Forte de Copacabana, haverá uma apresentação de dança e música junto com a cantora Ria Hall.

Publicidade
Publicidade

Será realizada a tradicional dança de guerra Haka, que tem sido popularizada pelo time neozelandês de rúgbi All Blacks.

No dia 13, terça-feira, a UFRJ recebe no campus Fundão a apresentação de dança no Centro de Tecnologia e oficina da tradicional tatuagem Ta Moko na Escola de Belas Artes. Já a Casa do Saber realiza no dia 26, segunda-feira, às 20h, palestra com o curador da exposição, Karl Johnstone e a professora Christine Nicolaides. As inscrições abrem no dia 19.

O Instituto de Artes e Cultura Maori, localizado em Rotorua na ilha do norte, existe há 50 anos e promove a cultua Maori oferecendo cursos em história, talhagem em madeira, ossos e pedra, tecelagem e construção Waka.

Acreditasse que o povo Maori seja descendente de um grupo que chegou à Nova Zelândia no primeiro século depois de Cristo vindo da região da Polinésia e foi o primeiro a habitar a região.

Publicidade

O primeiro contato com europeus se deu apenas no século XVII com o explorador e comerciante neerlandês Abel Tasman. O povo maori era visto como forte e guerreiro.

A tradicional tatuagem Maori, Ta Moko, mostra a história e conquista de cada indivíduo, contando, inclusive, seus feitos na guerra. A colonização começou no século XVIII com as incursões do capitão britânico James Cook e, após 75 anos, a Coroa Britânica anexou o país. Em 1995, após de décadas de ativismo Maori, foi assinado um tratado de devolução de terras cedidas ilegalmente aos europeus durante a década de 1860. O atual rei Maori é Tuheitia Paki.

Hoje a Nova Zelândia é uma monarquia constitucional parlamentarista, Isabel II é a rainha. #Rio Cultura #Blasting News Brasil