Os livros salvam vidas. Conheça a história de Philani Dladla, jovem de 24 anos, de KawZulu Natal, que mudou de vida vendendo resenhas de livros pelas ruas da Johannesburgo, capital da África do Sul. Antes de se mudar para Johannesburgo, ele começou a usar drogas e perdeu tudo, inclusive a casa em que morava. 

"Eu larguei meu trabalho e não podia pagar mais o aluguel - eu perdi tudo. Enquanto eu vivia nas ruas eu percebi quantos mendigos estavam ganhando dinheiro por nada nas esquinas. Eu pensei que eu poderia ser diferente e na verdade dar às pessoas alguma coisa que valesse a pena, como um livro ou uma revisão de um, em troca de dinheiro", disse ele.

Publicidade
Publicidade

Assim, sua paixão por #Livros fez com que ele começasse a dar um novo rumo à sua vida. Ele começou a vender livros nas ruas depois que terminava de lê-los e estivesse capaz de oferecer uma resenha detalhada. Os preços variavam de acordo com sua opinião sobre as obras: os livros que ele menos gostava custavam 10 South African Rand (menos de 1 dólar) e os favoritos custavam 80 Rand (6 dólares). Logo sua ideia ganhou nome e ele se tornou o The Pavement Bookworm.

Como os livros mudaram a vida do morador de rua

O que ajudou Philani a parar com as drogas foram a automotivação e vários livros de autoajuda. Mas enquanto ele estava ajudando a si mesmo, ele disse que também queria ajudar outras pessoas com as quais ele tinha vivido nas ruas. Então, ele começou a usar o dinheiro da venda de livros para compras diariamente sopas e pães para as pessoas ao invés de gastar o dinheiro com drogas. 

Philani criou um Clube de Leitores

Philani criou também o Book Reader's Club para dividir seu amor pelos livros com crianças carentes.

Publicidade

Os encontros acontecem em um parque local onde as crianças podem ir depois da escola para ler enquanto esperam os pais saírem do trabalho.

O projeto The Pavement Bookworm

Através do website The Pavement Bookworm, qualquer pessoa pode doar livros ou apoiar uma criança do Clube de Leitores. Na página, há o endereço para onde os livros devem ser enviados. Quem mora em Johannesburgo pode entrar em contato para que os livros sejam coletados. 

“Eu entrego os livros às crianças com a condição de que os devolvam e me digam o que aprenderam com eles. Muitas crianças seguem pelo caminho errado depois de deixar o colegial, eu quero mudar isso. Nós não lemos juntos apenas, nós conversamos sobre esperanças, sonhos, desafios e apoiamos uns aos outros", diz Philani.

Lançamento da obra "The Pavement Bookworm: A True Story"

No fim de outubro, o primeiro livro de Philani será lançado. "Através dessa obra, você entenderá a jornada da minha vida", completou ele. A sinopse do livro pode ser lida no site Goodreads.

#Literatura #Curiosidades