A segunda temporada da série “Narcos” foi confirmada pela Netflix e será lançada em 2016. Também foi confirmado pelo serviço de vídeo que a história sobre o lendário traficante colombiano Pablo Escobar, interpretado pelo ator brasileiro Wagner Moura, vai continuar sob a direção do também brasileiro José Padilha.

Nesta série, Moura e Padilha retomam a parceria realizada antes nos filmes “Tropa de Elite I e II”, clássicos do cinema brasileiro, lançados na década passada. Na primeira temporada, que estreou em agosto deste ano, a crítica especializada elogiou o roteiro da trama e a interpretação dos atores, mas apontou uma falha com relação ao sotaque espanhol feito pelo ator brasileiro Wagner Moura.

Publicidade
Publicidade

A crítica levou Moura a passar um tempo na Colômbia nestes últimos meses, para se preparar mais para as gravações da segunda temporada e melhorar o sotaque em espanhol durante as cenas. Para o crítico de cinema e séries Marcel Góes, esse é um detalhe que não compromete a atuação do ator.

“Wagner Moura está muito bem em ‘Narcos’ e esse detalhe do sotaque é algo que somente quem tem o espanhol como língua nativa consegue perceber claramente. Porém, já questionei isso com amigos meus chilenos e argentinos e todos eles, que também assistem a série, não viram muitos problemas no sotaque de Moura”, afirma.

“Este é um detalhe que críticos ortodoxos se apegaram para apontar alguma falha na produção. Mas toda crítica é bem-vinda, e acho que o ator brasileiro virá nessa segunda temporada ainda mais preparado para este importante papel”, garante Marcel.

Publicidade

#Entretenimento #Seriados #Blasting News Brasil