Segundo a Wikipedia a primeira edição da revista Playboy no Brasil foi lançada em agosto de 1975 com fotos cortadas ou  retocadas para evitar a nudez explícita. Desde a evolução da revista, a mesma trás além de fotos de musas do momento reportagens de forte conteúdo editorial. Em 13 de outubro de 2015, o site O Globo noticiou que o atual formato da revista será mudado, sendo extintas as imagens com mulheres nuas nos Estados Unidos.

Nesta mesma reportagem, os executivos da revista americana avaliam que a banalização da nudez na internet dificultou o mercado das revistas eróticas, perdendo a viabilidade. O modelo atual da revista está sendo repensado para uma atual necessidade do mercado.

Publicidade
Publicidade

Porém, no Brasil, como consta em destaque na reportagem, o fim da nudez ainda é incerto. A Playboy é uma revista que aborda questões do mundo masculino além de trazer fotos de mulheres nuas.

O atual #Comportamento do mercado reflete no ranking de vendas da revista, que em tempos de BBBs, Panicats, entre outras, tem como campeã de vendas, segundo o site da Super Interessante, a ex-assistente de palco do programa H, Joana Prado, a Feiticeira, em edição vendida em 1999. Seguida pela revista de Tiazinha de março do mesmo ano como medalha de prata. Estando como medalha de bronze a revista da Adriane Galisteu de 1995. Segue abaixo as edições mais vendidas da Playboy no Brasil.

10° Lugar Sheila Mello – Novembro de 1998 com 725.924 exemplares vendidos

9° Lugar Carla Perez – Outubro de 1996 com 778.026 exemplares vendidos

8° Lugar Feiticeira sem véu - Agosto de 2000 com 804.866 exemplares vendidos

7° Lugar Tiazinha sem máscara – Março de 2000 com 828.627 exemplares vendidos

6° Lugar Marisa Orth – Agosto de 1997 com 835.806 exemplares vendidos

5° Lugar Scheila Carvalho e Sheila Mello – Setembro de 1999 com 838.206 exemplares vendidos

4° Lugar Scheila Carvalho – Fevereiro de 1998 com 845.168 exemplares vendidos

3° Lugar Adriane Galisteu – Agosto de 1995 com 961.527 exemplares vendidos

2° Lugar Tiazinha – Março de 1999 com 1.223.000 exemplares vendidos

1° Lugar Feiticeira – Dezembro de 1999 com 1247.000 exemplares vendidos

Vale destacar que a capa com uma ex participante de Big Brother Brasil de maior sucesso foi a de Sabrina Sato com um pouco mais de 600 mil cópias vendidas.

Publicidade

Mais:

http://br.blastingnews.com/mundo/2015/10/incrivel-venezuelana-usa-corselete-23h-por-dia-para-afinar-cintura-00585007.html

http://br.blastingnews.com/mundo/2015/09/presidiario-corta-penis-fora-e-joga-na-privada-00582511.html #Entretenimento #Curiosidades