Os fãs de Star Wars devem se lembrar do #Filme Fanboys (2009), no qual quatro fãs da franquia atravessam os Estados Unidos para invadir o rancho de George Lucas, para que seu amigo, doente terminal, pudesse assistir o 'Episódio I: A Ameaça Fantasma' antes de morrer. 

Infelizmente, parece que a vida imita a arte.

Daniel Fleetwood, da Califórnia (EUA), é um grande fã da saga Star Wars desde os 8 anos de idade. Além de possuir inúmeros colecionáveis do universo expandido da franquia, também produziu fan-fiction. Tragicamente, Daniel foi diagnosticado com câncer terminal e não sabe se estará vivo no dia 18 de dezembro, data da estreia mundial.

Publicidade
Publicidade

Ele pede para ver o filme antes.

“Eu amo Star Wars. Com todas as minhas forças, eu amo Star Wars”

Star Wars: O Despertar da Força’ é a primeira continuação da hexalogia original a chegar aos cinemas depois de ‘Episódio III: A Vingança dos Sith’, lançado em 2005. A história se passa 30 anos depois dos acontecimentos de ‘Retorno do Jedi’, o sexto filme.

Daniel chegou a ser notícia nos jornais locais quando acampou para comprar ingressos para os filmes da nova trilogia no início dos anos 2000. “Julgando pelo progresso da doença nos últimos dois meses, eu realmente não acho que conseguirei resistir", disse.

Em julho, seu oncologista o deu dois meses de vida e, felizmente, Daniel conseguiu superar isso com a ajuda de sua esposa, Ashley. Daniel recebe tratamento em casa. Ashley não só cuida de sua saúde, como também apoia a obsessão do marido.

Publicidade

“Eu acho que isso é algo bonito”, ela diz. “Mesmo que seja só um filme. Isto é mágico para muitas pessoas”, conclui.

Como em ‘Episódio IV: Uma Nova Esperança’ nem tudo está perdido. JJ Abrams, diretor do filme, e a Paramount Pictures já fizeram isso anteriormente por um paciente terminal de Star Trek, que queria muito ver ‘Star Treck – Além da Escuridão’.

No twitter, diversos fãs da franquia apoiam Daniel com #ForceForDaniel e torcem para que ele consiga realizar seu último desejo. O jornal americano 'The Independent' entrou em contato com a Disney, mas ainda não obteve resposta. #Cinema #Blasting News Brasil