‘Que horas ela volta?’ está na lista de pré-indicados para o Oscar 2016 representando o Brasil. Com título ‘The Second Mother’, o #Filme foi vendido em mais de 30 países, entre Europa, Oriente Médio, África e América.

No início deste mês, ‘Nise – O Coração da Loucura’ foi premiado com o Grande Prêmio do 28º Festival de #Cinema de Tóquio, onde Glória Pires também levou o prêmio de Melhor Atriz. Estas não são as primeiras produções nacionais a fazer sucesso no exterior.

Hoje é o Dia Mundial do Cinema e esta é uma homenagem aos grandes filmes brasileiros.

  • O Pagador de Promessas –1962

Direção: Anselmo Duarte

Nota IMDb:8,3

Um clássico nacional receado de críticas políticas e religiosas.

Publicidade
Publicidade

Primeiro a ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes também foi indicado ao Oscar na categoria Melhor Filme Estrangeiro.

  • Pixote: A Lei do Mais Fraco –1981

Direção: Héctor Babenco

Nota IMDb:8,0

‘Pixote’ ganhou na categoria de Melhor Filme Estrangeiro do Globo de Ouro e em outras quatro premiações americanas de associações de críticos de cinema e levou o Leopardo de Prata do Festival Internacional Locarno.

  • Cabra Marcado Para Morrer –1985

Direção: Eduardo Coutinho

Nota IMDb:8,3

O filme conta a história de um líder camponês da Paraíba assassinado em 1962. Sob acusação de envolvimento com o comunismo parte da equipe foi presa durante a Ditadura Militar. A filmagem foi retomada 20 anos depois. Coutinho levou quatro prêmios incluindo dois Ursos de Ouro no Festival Internacional de Berlim.

  • O Quatrilho –1995

Direção: Fábio Barreto

Nota IMDb:6,9

Foi nomeado na categoria de Melhor Filme Estrangeiro do Oscar e do ACCA.

Publicidade

Barreto foi nomeado para o Grande Prêmio no Festival Internacional de Tóquio. O Filme também ganhou em três categorias no Festival de Havana, Melhor Atriz: Glória Pires, Melhor Direção de #Arte: Paulo Flaksman e Melhor Música: Caetano Veloso e Jaques Morelenbaum.

  • O Que é Isso Companheiro? –1997

Direção: Bruno Barreto

Nota IMDb:7,4

O filme conta a história de um jornalista e seu amigo que se unem à luta contra a Ditadura Militar. Foi indicado na categoria Melhor Filme Estrangeiro do Oscar em 1998. Venceu o prêmio de melhor filme pelo público no American Film Institute e foi indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim.

  • Central do Brasil –1998

Direção: Walter Salles

Nota IMDb:8,0

Grande clássico nacional. Foi indicado a dois Oscars, Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Atriz. Venceu como Melhor Filme Estrangeiro no Globo de Ouro e no BAFTA. No Festival de Berlim, venceu o Urso de Ouro de melhor filme e o Urso de Prata de melhor atriz, além de levar o Prêmio Especial do Júri. No César Awards, o mais importante do cinema francês, também ganhou uma indicação de Melhor Filme Estrangeiro.

Publicidade

Ao todo, foram mais de 30 prêmios internacionais.

  • Cidade de Deus –2002

Direção: Fernando Meirelles

Nota IMDb:8,7

Foi indicado à 4 Oscars, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Edição e Melhor Fotografia, além de uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e outras duas indicações ao BAFTA.  Ao todo, venceu mais de 50 prêmios em todo o mundo. Foi considerado pelo The Guardian o 6º melhor filme de ação da história e em 2009 ficou em 7º lugar na lista dos 100 melhores filmes do cinema mundial da revista Empire.

  • Tropa de Elite –2007

Direção: José Padilha

Nota IMDb:8,1

Levou o Urso de Ouro do Festival de Berlim, o Condor Prateado da Associação de Críticos de Cinema da Argentina, venceu nas categorias Melhor Filme e Melhor Diretor do Festival Latino de Lima e em mais outros quatro prêmios.