O primeiro filme “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, da Warner, será um festival de novidades, a começar pela estreia da autora da série Harry Potter como roteirista. Certamente, as expectativas para a trilogia estão altas após o espetacular sucesso dos filmes e livros sobre o bruxo Harry, em sua luta contra Voldemort.

Será que Rowling é capaz de conquistar seus fãs novamente com esse novo trabalho, ou acabará falhando em reviver a magia de seus livros nas telonas?

"Animais Fantásticos e Onde Habitam" é originalmente um livro “spin-off” da série Harry Potter, publicada não pelo nome de Rowling, mas com o pseudônimo de Newt Scamander, que será o protagonista da trilogia cinematográfica.

Publicidade
Publicidade

Contudo, o livro de onde os filmes sairão nada possuía de história, ele é uma versão de um dos livros didáticos que Harry e os alunos de Hogwarts utilizam.

Por conta disso, os leitores ávidos "ficam no escuro" sobre o que encontrarão nos longas, mesmo lendo o livro. Há quase 3 anos, a adaptação para #Filme foi anunciada, e pouco sobre o enredo foi revelado até o lançamento do trailer.

Já sabe-se que o filme se passará em Nova York, uma clara diferença do cenário completamente britânico encontrado na série original. Talvez Rowling esteja tentando atingir novos públicos ou só esteja à procura de temas diferentes, como já mostrou estar ao escrever seus livros de detetive, com o pseudônimo de Robert Galbraith.

Nessa nova história, o bruxo Newt viaja para os Estados Unidos ao perceber o perigo que a comunidade bruxa tem de ser exposta no país, no entanto, acaba piorando ainda mais a situação ao deixar escapar algumas das criaturas que guardava em sua maleta de viagem.

Publicidade

Vê-se isso já no trailer, mesmo com poucos detalhes.

O que os fãs realmente querem saber é: qual será a qualidade da história? É impossível esperar um trabalho raso de J. K. Rowling, especialmente após tantos sucessos, tanto para o público adolescente, como para o público adulto, que foi o caso de "Morte Súbita". É de se esperar que o filme seja mais maduro que a série Harry Potter, já que o protagonista não é mais um jovenzinho entrando na vida de bruxo, mas sim, um adulto.

Agora resta aguardar novas revelações ansiosamente, ou esperar até o lançamento do filme em 2016, e ter fé de que o gênio literário de J. K. Rowling não deixe a desejar no #Cinema. #Literatura