Os fãs de Star Wars sempre acabaram tomando partido em relação aos lados da força. Porém até mesmo aqueles que não optaram por torcer pelo lado negro, devem concordar que o Darth Vader é um dos vilões mais icônicos já vistos no #Cinema. E você já se perguntou como o traje dele funciona? Ou o que ele é capaz de fazer? Então vamos aos dez fatos mais legais que ninguém sabia sobre a armadura do Lord Vader!

Primeiro fato é que o material usado para criar o traje foi uma liga metálica extraordinariamente poderosa, chamada ‘Durasteel’. Graças à roupa o vilão conseguia respirar e se movimentar quase livremente, já que ela equipada de sistemas essenciais para o organismo.

Publicidade
Publicidade

Em uma cena, no episódio V, Darth é filmado de costas já colocando o capacete, tornando possível que o expectador visse rapidamente sua cabeça deformada pelas múltiplas queimaduras. Nesta cena pode-se ver que ele está em uma espécie de câmara, e este é o segundo fato! Aquela câmara foi construída para que ele pudesse tirar a armadura por alguns momentos e continuar vivo. Vader fazia meditações na câmara, para fugir da claustrofobia de precisar usar a armadura todo o tempo.

O terceiro fato provém do capacete, ele possuía sensor ultravioleta, ou seja, permitia que ele enxergasse nitidamente no escuro. Outros dispositivos dentro do capacete serviam para atualizar dados constantemente, deste modo, ampliava sua já brilhante ligação com a força.

Ainda sobre o capacete, ele tinha agulhas fixadas diretamente no rosto do Darth, que servia para transmitir informações neurológicas para o computador em seu peito, além de monitorar o calor interno e possíveis sangramentos.

Publicidade

E este é o quarto fato!

Em quinto lugar, estão as ombreiras da armadura. Elas pesavam 12.2Kg e eram resistentes a explosões e há rumores que resistia a sabres de luz também. Porém o peso lhe impedia de levantar seu sabre de luz numa altura máxima, se quisesse elevar as mãos acima da cabeça já lhe exigiria um tremendo esforço físico.

Como já foi constatado, o uniforme foi criado para lhe garantir proteção e sobrevivência. Abaixo do pescoço, havia várias camadas que serviam de escudo fossem de ataques, chamas ou gases corrosivos. Além disso, um sistema de distribuição de um composto químico chamado Kouhunin diminuía sua percepção da dor. Sexto fato!

O sétimo fato vem da luva direita do lord. Ela cobria seu braço cibernético, e em sua criação foi composta de amuletos indestrutíveis de Skere Kaan. As luvas de ambas as mãos foram feitas de uma liga metálica Mandaloriana que protegia Vader contra ataques de sabres e explosões elétricas.

Darth Vader poderia andar na superfície de Hoth sem nenhuma proteção adicional.

Publicidade

Mas como? Oitavo fato! Seu cinto podia ativar uma função que controlava o sensor de temperatura do traje.

Em Mustafar, Vader perdeu sua pele, então por dentro da armadura havia uma pele sintética. Todavia era preciso trocá-la periodicamente afim de que sua carne não necrosasse. O nono fato trazia tanto desconforto que não permitia que o vilão dormisse adequadamente.

Décimo e último fato, mas não menos importante, provém das suas botas de combate que são igualmente fabricadas com ‘Durasteel’. As solas eram magnetizadas e podiam ser ativadas via comando de voz. Isto permitia que o lord sith criasse incríveis campos magnéticos para lutar em superfícies de metal, como naves. 

Curioso, não? O universo de Star Wars é gigantesco, e muito bem criado, como podemos ver. Que a força esteja com você! #Entretenimento #Filme