Foi divulgada na última quinta-feira, dia 14 de janeiro, a lista dos indicados ao Oscar 2016. Neste mesmo dia, três dos oito filmes que vão concorrer a estatueta na cerimônia do próximo dia 28 de fevereiro, em Los Angeles (EUA), entraram em cartaz nas principais salas de cinema de todo o Brasil.

Os filmes que estrearam no país foram: “A Grande Aposta” (de Adam Mckay), que concorre a cinco estatuetas, “Ponte dos Espiões” (de Steven Spielberg), que compete em seis categorias, e “Spotlight: Segredos Revelados” (de Tom MCarthy), também indicado a seis estatuetas do Oscar.

Este último é visto pela crítica de #Cinema em todo o mundo como o principal rival na disputa pelo prêmio de melhor #Filme daquele que está sendo considerado o favorito ao prêmio: “O Regresso”.

Publicidade
Publicidade

Dirigido pelo mexicano Alejandro González Iñárritu (que já venceu o Oscar no ano passado como melhor diretor e melhor filme com “Birdman”), o filme foi o recordista de indicações para esta edição: 12 ao todo.

“O Regresso”, estrelado por Leonardo DiCaprio, que concorre pela quarta vez ao Oscar de melhor ator (ele já concorreu uma vez também como ator coadjuvante) e que tenta levar sua primeira estatueta pra casa, está com data de estreia no Brasil agendada para o dia 4 de fevereiro.

Outro filme indicado ao Oscar e que ainda não estreou por aqui é “O Quarto de Jack” (de Lenny Abrahamson), que deve estrear no país no dia 18 de fevereiro. “Brooklin”, que também concorre a estatueta de melhor filme, ainda não tem data de estreia confirmada em terras tupiniquins.

Os outros dois filmes que completam a lista dos oito indicados ao Oscar da categoria em 2016 já saíram de cartaz no Brasil.

Publicidade

Trata-se de: “Mad Max: Estrada da Fúria” (de George Miller) e “Perdido em Marte” (do consagrado diretor de “Blade Runner”, Ridley Scott).

“O Regresso” x “Spotlight”

Nem bem a lista dos filmes indicados ao Oscar 2016 foi divulgada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood e a discussão sobre os prováveis favoritos já foi iniciada. E dois concorrentes já despontaram como os possíveis rivais na disputa pelo principal prêmio do evento: a estatueta de melhor filme.

“O Regresso” é o mais cotado de todos e já é apontado pela crítica especializada como o maior favorito. No entanto, esta mesma crítica coloca “Spotlight” como o mais forte concorrente do filme de Iñárritu. Para o jornalista e crítico de cinema Marcel Góes, a disputa deve mesmo ficar entre estes dois longas-metragens, mas é preciso ficar atento às peças que a Academia de Hollywood, às vezes, gosta de pregar na crítica.

“Uma breve avaliação coloca mesmo ‘O Regresso’ e ‘Spotlight’ como os prováveis favoritos na disputa pelo prêmio de melhor filme.

Publicidade

Porém, uma análise mais aprofundada pode levar a outras impressões dos demais concorrentes. É por isso que, às vezes, a crítica se surpreende com as escolhas da Academia, e essa peça pode ser mais uma vez pregada no Oscar desse ano, quem sabe com ‘A Grande Aposta’, em?”, insinua Marcel.

“Como crítico, eu daria o Oscar esse ano a ‘Spotlight’. Acho um filme melhor elaborado, com uma trama mais envolvente, que mantém o interesse do espectador até a conclusão da história. É um filme de roteirista eu diria. Entretanto, como espectador, eu daria à estatueta a ‘O Regresso’, pois, na telona, ele é o mais impactante de todos. É um filme que provoca muitas reações e tem no elenco o seu maior trunfo. É um filme de atores. Resta saber qual será o critério da Academia para escolher qual deles levará a estatueta”, conclui o jornalista. #Entretenimento