A venda de livros no Brasil cresceu em 2015, no período compreendido entre 9 de dezembro de 2014 e 1º de novembro de 2015, em comparação com o mesmo período do ano anterior (5,01% em faturamento e 4,57% em volume). Os dados são obtidos através da apuração das vendas nas principais livrarias e supermercados do Brasil, resultado de Nielsen BookScan Brasil. Estes são alguns dos dados presentes no 9º Painel das Vendas de #Livros do Brasil, apresentados pela Nielsen e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

Os livros de colorir, que foram uma febre em 2015, ocupam os dois primeiros lugares. 

Top 10 livros estrangeiros mais vendidos de 2015

1º e 2º lugares: Jardim Secreto e Floresta Encantada (Johanna Basford)

Juntos eles venderam mais de um milhão e duzentos mil exemplares.

Publicidade
Publicidade

Permaneceram na lista dos livros mais vendidos nos meses de março a agosto de 2015.

3º: Grey (E. L. James)

A história de Christian e Anastasia pela visão de Grey vendeu aproximadamente 175 mil unidades. As vendas foram impulsionadas pelo lançamento do filme Cinquenta Tons de Cinza em fevereiro de 2015. 

4º: O Pequeno Príncipe (Antoine Saint-Exupéry)

O Pequeno Príncipe também foi adaptado para o cinema em 2015. Foram vendidas mais de 150 mil unidades da obra no Brasil. 

5º: A Herdeira (Kiera Cass)

O quarto livro da série A Seleção vendeu 112 mil e 718 unidades.  

6º: Se Eu Ficar (Gayle Forman)

A adaptação do livro estreou em 2014 e refletiu ainda em 2015, fazendo com que ele ficasse entre os mais vendidos do ano. Foram vendidos 100 mil e 757 unidades. 

7º: A Mágica da Arrumação (Marie Kondo)

Parece que os brasileiros querem mesmo conhecer os segredos da arrumação.

Publicidade

Assim, 99 mil e 846 exemplares do livro que ensina a mágica da arrumação foram vendidos. 

8º: Cidades de Papel (John Green)

Realmente 2015 foi o ano das adaptações cinematográficas de livros. O filme estreou em junho e fez com que as vendas da obra tivessem crescimento (94.771).

9º: Diário de um Banana - Caindo na Estrada (Jeff Kinney)

O livro que conta as aventuras da viagem de férias da família Kinney vendeu 93 mil e quinze exemplares.

10º: O Diário de Anne Frank (Mirjam Pressler / Otto H. Frank)

A nova edição da obra trouxe uma novidade: os escritos de Anne na íntegra, com todas as anotações e trechos que seu pai havia cortado para lançar a primeira versão do livro. Com isso, 85 mil e 966 cópias da obra foram vendidos.

Conheça os filmes baseados em livros que vão estrear em 2016. Se você ainda não leu os livros, ainda há tempo.   #Entretenimento #Literatura