O Critics' Choice Awards foi, em geral, uma grata surpresa aos fãs do #Cinema e da #Televisão atual. Alguns dos prêmios seguiram o padrão das últimas premiações e as mesmas obras, atores e atrizes foram premiados, enquanto algumas categorias trouxeram indicados e até vencedores inéditos e inesperados. O Critics' Choice Awards é feito por meio da votação dos críticos da Broadcast Film Critics Association e agora o evento chegou em seu 21º ano.

A série dramática "Master of None", por exemplo, foi uma das surpresas da noite. Seu protagonista, Aziz Ansari, até tinha sido indicado ao Globo de Ouro na categoria de Melhor Ator de Comédia.

Publicidade
Publicidade

No prêmio dos críticos, ele foi indicado na categoria de ator, mas a série também foi indicada a melhor série dramática, e acabou levando a melhor. A vitória foi coerente; apesar de nunca ter ganhado prêmios, a série ganhou os críticos e sempre foi elogiada no circuito.

Já outras categorias não reservaram tanta surpresa. O melhor ator da noite foi Leonardo DiCaprio, por seu papel em "O Regresso", e a melhor atriz foi Brie Larson, por seu papel em "O Quarto de Jack". Nenhum dos dois puderam comparecer à premiação, pois estavam trabalhando em outros países. Os dois ganharam o prêmio também no Globo de Ouro e despontam como favoritos ao Oscar.

Uma categoria que decepcionou foi de melhor série de drama. "Mr. Robot" foi a escolhida dos críticos. Embora muitos concordem com a escolha, a maioria se mostrou insatisfeita no Twitter porque a série "The Leftovers" não ganhou.

Publicidade

O nome dela rapidamente virou um dos temas mais comentados do Twitter com cada fã mostrando sua decepção. A maioria concordava que "Mr. Robot" é boa, mas afirmavam que "The Leftovers" é melhor e merecia mais o grande prêmio. 

Mas "The Leftovers" levou o prêmio na categoria de melhor atriz de drama, para Carrie Coon, que deixou os fãs impressionados e satisfeitos. Na categoria de melhor atriz de comédia, a expectativa estava entre Jennifer Lawrence, por "Joy: O Nome do Sucesso", que estreia no Brasil essa quinta-feira (21), e Amy Schumer, por "Descompensada". Jennifer ganhou o Globo de Ouro e era vista como favorita, mas Amy acabou ganhando a preferência dos críticos.

Jennifer não compareceu à premiação, enquanto sua amiga Amy estava lá e foi a homenageada da noite, ganhando o Critics' Choice MVP Award por suas conquistas no último ano na televisão, no cinema e na comédia.

O filme "Que Horas Ela Volta?", brasileiro, concorria na categoria de melhor filme estrangeiro, mas perdeu para "Filho de Saul", como já era esperado, já que a obra é a favorita em todas as premiações, inclusive no Oscar.

Publicidade

A minissérie "Fargo" também foi destaque. Ganhou como melhor minissérie, melhor atriz de minissérie (Kirsten Dunst), melhor ator coadjuvante de minissérie (Jesse Plemons) e melhor atriz coadjuvante de minissérie (Jean Smart). Jacob Tremblay, de apenas 9 anos, ganhou prêmio de ator jovem e foi o momento fofura da noite ao fazer seu discurso. Ele está em "O Quarto de Jack".

"O Regresso" é visto como o favorito ao Oscar na categoria de melhor filme, portanto foi uma surpresa quando "Spotlight - Segredos Revelados" levou o prêmio de melhor filme no #CriticsChoice. "Mad Max: Estrada da Fúria" ganhou nove prêmios, incluindo melhor diretor, para George Miller, e melhor atriz de ação, para Charlize Theron.

A próxima grande premiação de Hollywood é o Screen Actors Guild, feito por meio dos votos da associação de atores, e que acontecerá dia 30 de janeiro.

Você concorda com o resultado do Critics' Choice Awards 2016? #Seriados