"Spotlight",  que vem para o Brasil com o título "Segredos Revelados", é um thriller verídico sobre os casos de pedofilia que abalaram a #Igreja católica em todo mundo e traz relatos inclusive dos casos ocorridos no Brasil.

Resumo

O filme baseado em história real, foca suas atenções no jornalismo investigativo de quatro repórteres, que investigaram denunciaram o escândalo de pedofilia em 2002 dentro da Igreja Católica, e a tentativa de acobertamento por parte da instituição religiosa católica.

O filme "Spotlight", traduzido para o português "holofote" faz referência a colocar os holofotes sobre os escândalos encobertos pela igreja durante anos, concentrando seu tema nas investigações do jornal The Boston Globe de Boston, Massachusets (EUA) que a principio da investigação jornalística expôs cerca de 90 cléricos da cidade de Boston denunciados por crime de pedofilia, a matéria tomou relevância e nas investigações revelou-se que a pratica era habitual dentro da igreja, com ocorrências 250 paróquias no mundo inteiro com conhecimento da Igreja.

Publicidade
Publicidade

O filme também aborda a difícil missão de quebrar as barreiras do silêncio que são impostas ao sacerdócio da igreja por um "código canônico" e seguidas por outros setores da sociedade, chegando a políticos, polícia, diretores de escolas e até à Justiça do Estado, envolvendo um complexo sistema de interesses que evitam mostrar os escândalos de pedofilia, confirmados dentro da Igreja, que se presta a estabelecer uma política de silêncio, negando fatos e protegendo transgressores.

Elenco

O filme traz em seu elenco nomes de peso, como Mark Ruffalo fazendo o papel do jornalista Michael Rezendes, Michael Keaton como Walter "Robby" Robinson, Rachel McAdams como Sacha Pfeiffer e Brian d'Arcy James no papel de Marty Campbell, os quatro jornalistas que na história real desafiaram o poder da Igreja Católica liderando as investigações.

Publicidade

Comentários

O filme tenta mostrar que raízes de impunidade residem na própria Igreja, negligenciando os crimes de pedofilia, regidos por um "Código Canônico" que orienta a manter silêncio e até encobrir a transgressão para evitar escândalos, buscando salvaguardar a imagem da Igreja e do sacerdócio.

Spotlight recebeu cinco estrelas dos principais veículos de critica do gênero, já foi indicado ao Globo de Ouro e vai concorrer em três categorias: “Melhor Filme Drama”, “Melhor Diretor” e “Melhor Roteiro”, contemplado também pelas American Film Institute e National Board com a premiação de “Filme do Ano”, média geral da crítica "quatro e meia estrelas".

 Assistam o trailer:

Nota: As citações feitas neste artigo não expressam a opinião deste veículo de comunicação e nem de seus redatores, se resumindo apenas a levar informações aos interessados. #Cinema #Mídia