O roteirista Michael Arnd, concedeu uma entrevista no podcast da famosa revista norte-americana Entertainment Weekly (EW). E durante sua participação, revelou como se deu a concepção dos protagonistas de ‘Star Wars Episódio VII – O Despertar da Força’, Rey e Finn.

Assim que as companhias Disney e Lucasfilm anunciaram a produção de uma nova trilogia para a saga Star Wars, em 2012, Arndt foi escalado para roteirizar, entretanto J. J. Abrams e Lawrence Kasdan assumiram este cargo. Michael Arndt foi creditado da mesma forma, pois chegou a participar do processo criativo original, e também auxiliou na moldagem dos personagens centrais.

Publicidade
Publicidade

Segundo o roteirista, Kathleen Kennedy – presidente da Lucasfilm – o procurou logo após ele ter finalizado seu trabalho em ‘Jogos Vorazes: Em Chamas’, e lhe propôs que escrevesse toda a nova trilogia, porém não aceitou por não se considerar apto para algo tão intimidador. E só concordou com Kathleen após ela ter afirmado que se trataria da origem de uma garota Jedi “não poderia dizer não para isso. Eu tinha que fazer”, disse Michael.

Em outra parte da entrevista, Arndt explicou como nasceu a ideia de trazer um Stormtrooper para o time dos heróis. Segundo ele, desde sempre Rey seria uma catadora de lixo, foi a criação mais rápida, pois ela deveria ser uma legítima forasteira e totalmente desprivilegiada já que sua jornada seria a maior do #Filme. Porém a decisão do protagonista masculino foi muito difícil.

Publicidade

Dias e dias se passaram, cogitaram colocar até um pirata na história, até que em um momento de irritação de Lawrence Kasdan, o mesmo disse: “Pessoal, vocês não estão pensando grandiosamente. E se ele fosse um Stormtrooper fugitivo?” E todos se iluminaram com a ideia.  

Daisy Ridley e John Boyega, intérpretes de Rey e Finn, respectivamente, já tiveram seus retornos confirmados em ‘Star Wars Episódio VIII’, que será lançado em dezembro de 2017. ‘O Despertar da Força’ já arrecadou US$ 1,9 bilhão nas bilheterias mundiais, e está em 3º lugar no ranking dos filmes mais vistos. Restam somente US$ 200 milhões para que o longa supere a segunda posição que pertence a ‘Titanic’, em contrapartida superar a liderança de ‘Avatar’ ficou apenas em sonho. #Entretenimento #Cinema