A Bahia, tradicionalmente sempre foi terra de grandes autores, que enriqueceram a literatura brasileira e universal, no entanto as políticas públicas voltadas para os escritores contemporâneos sempre ficaram aquém da demanda e ações que poderiam alavancar novos nomes, renovar e atualizar o cânone, sempre deixou a desejar. Uma das perguntas sem resposta é quantos são e onde estão estes escritores que escrevem a nova #Literatura da Bahia. Sem esta informação os artistas da palavra se tornam ainda mais anônimos. Para uma população de 15.126.371 habitantes (IBGE, 2014), qual será a porcentagem dessa população que escreve e publica? Não se sabe.

Como fruto de uma demanda revelada nas conferências de cultura realizadas nos diversos territórios e reforçada pelo Colegiado Setorial de Literatura, a Secretaria de Cultura, através da Coordenação de Literatura da Fundação Cultural – FUNCEB está com inscrições abertas para o Mapa da Palavra-BA, um projeto que pretende fazer o levantamento dos autores da Bahia, o que poderá nos oferecer uma resposta para a pergunta acima e ainda servirá para justificar o pedido de mais recursos para área de literatura.

Publicidade
Publicidade

Este é o momento em os escritores devem mostrar sua força, participando, divulgando e incentivando seus pares a também fazer o mesmo. Nenhum autor deve ficar de fora do Mapa da Palavra. Em uma matéria publicada no site da FUNCEB, o secretário de cultura, Jorge Portugal, diz: “Esse mapeamento é fundamental para conhecermos quem faz a nossa cultura e, a partir daí, aprimorar nossas políticas públicas em uma área tão importante como a Literatura. Iremos identificar escritores, poetas, cronistas, recitadores e cordelistas que encantam através da palavra”.

Academias de letras, editoras e outras agremiações de escritores, compartilhem esta informação, pois além do cadastro, o projeto realizará outras ações como a seleção das produções literárias e o lançamento da plataforma virtual, com biografias e produções literárias dos cadastrados.

Publicidade

E ainda deve ter quatro publicações virtuais ou impressas das obras de artistas selecionados. #Educação #Livros