A nova obra do badalado escritor norte-americano John Grisham pode ser classificação como "romance de ficção", no entanto, o enredo do novo livro elaborado pelo autor tem sido muito elogiado por médicos. Grisham trata de um tema complicado em "O Tumor", e, apesar de o texto utilizado ser amparado em teorias ainda não totalmente comprovadas, existe a possibilidade que seja uma oportunidade para a cura de enfermidades em um futuro não tão distante.

No livro, o escritor conta a trajetória de um homem diagnosticado com câncer no cérebro. Depois de dez anos, através de práticas já utilizadas pela #Medicina moderna, ele passa por procedimentos para evitar a progressão da doença.

Publicidade
Publicidade

No entanto, tal tecnologia já tem sido utilizada por médicos para tratar outros tipos de enfermidades. A técnica de utilizar um ultrassom focalizado para destruir células comprometidas é uma das tecnologias estudadas, atualmente, por médicos, para tratar alguns tipos de câncer e o Mal de Alzheimer.

Grisham surpreendeu ao lançar o livro com o intuito de angariar fundos para pesquisas. Desta forma, ganhou respeito dentro do meio médico e da indústria farmacêutica, uma vez que, apesar de se tratar de uma abordagem futurista para curar um tumor cerebral, o procedimento pode sim render frutos daqui a alguns anos. No momento, como se tratam apenas de pesquisas, não é permitido que pacientes em massa recebam este tipo de tratamento, mas as pessoas que estão no grupo selecionado para participar da novidade, estão reagindo bem aos procedimentos.

Publicidade

Mark Carol, executivo-chefe da SonaCare Medical LLC, localizada na Carolina do Norte, elogiou a iniciativa do escritor, pois considera fundamental que um tema de suma importância seja passado adiante. "Ter um autor mundialmente famoso falando sobre isso só pode aumentar a conscientização (das pessoas)", celebrou Carol, em declaração à agência Reuters. A nova tecnologia do ultrassom focalizado tem obtido resultados excelentes especialmente no que se concerne ao combate ao câncer de próstata, um dos mais agressivos e que causa mais mortes.

John Grisham é um dos autores contemporâneos mais celebrados do mercado editorial em todo mundo. Diversos de seus best-sellers ganharam excelentes adaptações para o cinema, tais como "A Firma", "O Cliente", "Tempo de Matar", "O Dossiê Pelicano", "O Júri" e "O Homem que Fazia Chover". Nascido a 8 de fevereiro de 1955, em Jonesboro, no Arkansas, John Grisham é advogado de formação e já tentou se aventurar na política. #Livros #Literatura