Acontece neste final de semana em São Paulo, a quinta edição brasileira do Festival Lollapalooza. O evento será realizado mais uma vez no Autódromo de Interlagos e a estimativa dos realizadores é de receber um grande público, superior ao da edição do ano passado. Em 2015, 136 mil pessoas estiveram no festival durante os dois dias de muita #Música, arte e #Entretenimento. Para este ano, cerca de 150 mil pessoas são esperadas em Interlagos neste sábado, 12, e no domingo, 13.

O Lollapalooza Brasil está marcado para começar oficialmente ao meio-dia de hoje, quando a banda brasileira Ego Kill Talent iniciar sua apresentação no Palco Axe, um dos cincos montados no festival este ano (os outros quatro palcos são: Trident, Kidzapalooza, Onix e Skol).

Publicidade
Publicidade

Cinco minutos depois, serão abertas as apresentações do Palco Skol, o principal do evento, com a também banda brasileira The Baggios. Em seguida, neste mesmo palco, se apresentam também: Matanza, Bad Religion, Tame Impala e Eminem, atração mais aguardada do dia.

Ainda neste sábado, outras grandes atrações vão se apresentar nos demais palcos do festival. Dentre as mais aguardadas pelo público estão: Marina and The Diamonds (que cancelou sua apresentação na edição do ano passado, em cima da hora, frustrando os seus fãs que compareceram ao Autódromo), Kaskade, Mumford & Sons, Die Antwoord e Eagles Of Death Metal (banda que ficou mundialmente conhecida por tocar na casa de show “Bataclan”, em Paris, no dia dos ataques terroristas de 13 de novembro de 2015, ocasião em que mais de 200 pessoas foram mortas).

Publicidade

Domingo, 13

O segundo dia do Lollapalooza Brasil 2016 promete atrair ainda mais público do que o dia anterior. Assim como hoje, a primeira banda amanhã começa a se apresentar ao meio-dia. Trata-se da brasileira Dingo Bells, que abrirá os trabalhos no palco principal. Sobem também ao Palco Skol neste domingo: Marrero, Twenty One Pilots, Noel Gallagher (ex-guitarrista do Oasis) e a sua banda High Flying Birds, e uma das atrações mais aguardadas do dia, Florence + The Machine.

Dentre as atrações dos outros palcos, tem destaque: Jack Ü, Alabama Shakes e Albert Hammond Jr. (Ex-guitarrista do The Strokes), além dos brasileiros Emicida e Planet Hemp, lendária banda do rock brasileiro dos anos 90, que volta a se apresentar depois de anos de inatividade. O último show do Lollapalooza Brasil está previsto para terminar às 22h, por se tratar de um domingo, acordo feito entre realizadores, prefeitura e moradores da região de Interlagos.

“Quinta edição consolida Lollapalooza no Brasil”, diz jornalista

Para o jornalista e crítico de música Rodrigo Leone, a quinta edição do Lollapalooza no Brasil está ainda melhor organizada, com atrações cada vez mais interessantes, o que consolida a realização do festival no país.

Publicidade

“Quando se falou na realização do Lollapalooza no Brasil, há cinco ou seis anos atrás, havia uma série de questionamentos sobre o sucesso do festival por aqui. Dentre as desconfianças estava a questão da estrutura, que nos primeiros anos, de fato, deixou a desejar, mas que no ano passado já apresentou uma melhora bastante significativa. A mudança do Jockey Club para o Autódromo de Interlagos foi essencial para possibilitar os avanços que estão sendo feitos pelos realizadores”, afirma Leone.

“Outra dúvida era com relação às atrações que viriam para o Brasil. Houve quem apostasse que o festival não se sustentaria no país trazendo apenas atrações do pop-rock alternativo, e acabaria abrindo para ‘astros’ do meinstream mundial. Mas o que ocorreu foi justamente o contrário. O Lollapalooza se firmou ao fidelizar o seu público. Nomes como Florence + The Machine, Marina and The Diamonds, Alabama Shakes, dentre outros bastante interessantes que vão se apresentar no festival este ano, por si só já atraem grande público, provando que este nicho musical, ainda é muito forte no país”, conclui o jornalista. #Famosos