Os Rolling Stones realizam um show histórico nesta sexta-feira, dia 25 de março, em Cuba, encerrando um jejum de décadas sem grandes atrações estrangeiras se apresentarem no país caribenho. Com os portões abertos ao público, em evento gratuito, estrangeiros e a população local estão eufóricos com a oportunidade de acompanhar de perto um dos grupos mais importantes da história do rock. E com certeza, os presentes vão se deleitar com os grandes hits do grupo, assim como ocorreu no Brasil recentemente.

Segundo informações da imprensa local, o público começou a se concentrar no estádio que abriga o show cerca de 12 horas antes de os portões serem abertos.

Publicidade
Publicidade

São aguardadas centenas de milhares de pessoas para prestigiar a formação liderada pelo vocalista Mick Jagger, e com Keith Richards e Ron Wood nas guitarras, além do baterista Charlie Watts. Os veteranos do rock realizam turnê pela América Latina, inclusive com apresentações memoráveis apresentadas no Brasil.

Mesmo os que não se declaram "tão fãs" assim da banda britânica declararam que não podiam ficar de fora de algo tão grandioso, pois a apresentação da banda marca uma guinada cultural na vida dos cubanos, de contexto histórico. Quando o governo comunista era menos brando, sob a batuta do ditador Fidel Castro, bandas eram banidas da ilha, por não trazerem valores compatíveis com o as ideologias pregadas pelo regime.

A apresentação dos Rolling Stones coincide com a recente visita do presidente norte-americano Barack Obama ao país.

Publicidade

Na última semana, ele se reuniu com Raúl Castro - irmão mais novo de Fidel - e atual presidente de Cuba, para discutir temas sobre o término do embargo econômico sobre o país, além de questões humanitárias. Os Estados Unidos e Cuba estão próximos de uma reaproximação depois de mais de cinco décadas de afastamento, causado por resquícios da Guerra Fria.

Quem sintetizou bem o novo ambiente geopolítico que se abre neste momento de boa relação diplomática foi o próprio Mick Jagger. O astro de 72, com fôlego de garoto, desembarcou em Cuba e foi enfático e direto ao expor o seu ponto de vista e, com certeza, de milhões de pessoas. "O tempo muda tudo”, disse o rockstar à imprensa, em sua chegada à Havana. #Entretenimento #Música #Arte